Escravidão moderna

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO TOCANTINS - UNITINS
CURSO: Serviço Social
DISCIPLINA: Orientação de TCC II










ESCRAVIDÃO MODERNA









Perfil Social/2010

Integrantes:
ANTONIO GUEDES DE SOUZA
CORDELIA PEREIRA COSTA
JULIE CRISTINE ROCHA BASTOS
TATIANE DE CARVALHO SOUZA
Professores Avaliadores:
JANETHE CAMPOS CARAÇA
Nota: 9,00Cidade: Santo Amaro
Data: 05/2010
RESUMO E PALAVRAS-CHAVE
RESUMO:

O presente artigo demonstra que embora a escravidão no Brasil tenha sido extinta em 13 de maio de 1888, ainda encontra-se no território nacional, condições de trabalhos análogos à escravidão, mascarada pela expressão de trabalhos forçados. A escravidão moderna, como é intitulada nos dias atuais quase sempre inclui o uso deviolência e exploração comercial nas suas diversas formas, onde seres humanos, em especial crianças e adolescentes, são submetidos a tais práticas para fins de exploração sexual comercial, sem nenhum direito, a não ser o de trabalhar e sustentar as redes de favorecimento para este tipo de servidão, utilizando-se do comercio de pessoas como simples objetos em transações mercantis.

PALAVRAS CHAVE:Escravidão Moderna; Crianças e Adolescentes; Exploração Sexual Comercial.

INTRODUÇÃO
1. Introdução

Ainda encontram-se no território nacional condições de trabalhos análogos à escravidão. A exploração sexual comercial é uma forma moderna de escravidão, pois suas vitimas exploradas encontram-se envolvidas numa relação de opressão e subordinação.
Através do tráfico humano, mulheres, criançase adolescentes são utilizados como simples objetos para fins de exploração sexual comercial, onde o corpo é usado em valor de troca e obtenção de lucro, violando os direitos civis, sociais, econômicos e culturais dessas vítimas.
A exploração sexual comercial é um problema de ordem mundial que está presente em todas as classes sociais, e é organizada através de redes de favorecimento controladapor organizações criminosas e poderosas. Estas redes buscam clientes para o mercado sexual de acordo com as exigências do mercado de tráfico para fins sexuais.
O critério empregado para escolha dessas vitima, está relacionado a classes sociais, idade, sexo e cor. As vitimas da exploração perdem a autonomia e escolha do próprio destino, tendo como conseqüências danos morais, físicos, psicológicos,espirituais, culturais e sexuais.
Assim, o objetivo geral deste trabalho é tratar as formas análogas à escravidão ainda existente nos dias atuais, focalizando o tráfico humano para fins de exploração sexual como tipo de escravidão moderna. Tem como objetivo específico compreender a exploração sexual comercial de mulheres, adolescentes e crianças como um fenômeno de ordem mundial, abordandoquestões como suas causas, conseqüências, redes de favorecimento e medidas de enfretamento para o combate a exploração sexual comercial.
Pretende-se contribuir de alguma maneira para a diminuição da exploração sexual comercial de crianças e adolescentes, na esperança de despertar a sociedade para o combate dessa problemática atualmente no mundo, já que este tema é crescente no país e pouco abordadopor ser um fenômeno ilegal e clandestino, tem-se pouca visibilidade e dificuldade de ser quantificado. No entanto informações, denúncias, depoimentos, pesquisas e estudos permitem uma descrição qualitativa e um aprofundamento da compreensão do problema da exploração sexual.
A metodologia usada neste artigo será de revisão bibliográfica, onde será abordada a Escravidão Moderna e as formas detrabalho; escravidão moderna vinculada ao tráfico humano para exploração sexual comercial, e as redes de favorecimento a partir de referencias teóricas publicadas, expondo o pensamento de vários autores que escreveram sobre tema abordado.

DESENVOLVIMENTO
2. Escravidão Moderna

2.1. Conceito
A escravidão, como prática social milenar, tem os seus contornos traçados na concepção de direitos de...
tracking img