Escolas de pensamento economico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (293 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Escola historicista alemã
A chamada Escola historicista alemã de economia (em alemão, Historische Schule der Nationalökonomie) foi uma escola de pensamento - principalmente alemã -, quedefendia que o estudo da história é a principal fonte de conhecimento sobre as acções humanas e sobre matérias económicas. Isso porque a economia é dependente da cultura e não pode ser tomada poruniversal no espaço ou no tempo. Isto expressou uma rejeição da idéia de que teoremas económicos podem ser tidos como universalmente válidos.
Os seus autores perceberam a Economia como umaciência que se dedica à análise rigorosa da realidade e não à dedução de teoremas de acordo com a lógica. Um dos seus precursores é Friedrich List.
A caracteristica desta escola de pensamento é apreocupação com a realidade em vez de modelos matemáticos auto-referenciais. Grande parte destes autores foram também Kathedersozialisten ("socialistas de cátedra"), ou seja, preocupados com areforma social e a melhoria da qualidade de vida das massas durante os tempos da industrialização.

[editar] Divisões

A escola historicista pode ser dividida em três sequências:
• a maisantiga, liderada por Wilhelm Roscher, Karl Knies, e Bruno Hildebrand;
• a nova, liderada por Gustav von Schmoller, e incluindo Etienne Laspeyres, Karl Bücher, e de certa forma Lujo Brentano; e• a mais recente, liderada por Werner Sombart e incluindo Max Weber.
A escola historicista esteve envolvida na "Methodenstreit" ("guerra dos métodos") com a Escola Austríaca. A escolahistórica alemã controlava em grande medida os meios universitários alemães, e vários dos seus integrantes eram conselheiros de Friedrich Althoff, chefe do departamento universitário no Ministério deEducação da Prússia entre 1882 e 1907.
Foi um movimento influente na Prússia, e, até cerca de 1900, também nos Estados Unidos, onde muitos acadêmicos tinham estudado na Alemanha.
tracking img