Escola de tempo integral

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 45 (11181 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INTEGRAL



A ESCOLA INTEGRAL NO ENSINO FUNDAMENTAL



METODOLOGIA

O presente estudo tem a intenção de refletir sobre a importância da escola integral para a melhoria do processo de aprendizagem no ensino fundamental, nas instituições públicas brasileiras, de modo a favorecer a aprendizagem dos alunos através das proposições da psicopedagogia.
A presente pesquisa foifeita a partir do levantamento bibliográfico sobre o assunto pesquisado. Os principais autores nos quais o estudo foi baseado foram: Nadia Bossa, Jorge Visca, Darcy Ribeiro, Maria Lucia Weiss, Olivia Porto, Sara Pain entre outros.












1 SUMÁRIO


INTRODUÇÃO..................................................................................................08


CAPÍTULO I -A ESCOLA INTEGRAL NO ENSINO FUNDAMENTAL.............11

1. Um breve histórico.......................................................................
2. Os CIEPS: Uma experiência singular..........................................
3. As experiências de regime integral a partir da nova LDB............


1 CAPÍTULO II - A CONTRIBUIÇÃO DA PSICOPEDAGOGIA PARA O PROCESSO DEAPRENDIZAGEM NO ENSINO FUNDAMENTAL.........35

1. Psicopedagogia e aprendizagem.................................................
2. O profissional de psicopedagogia no contexto atual....................
3. A psicopedagogia institucional no ensino fundamental...............


2 CAPÍTULO III – PROPOSTAS PSICOPEDÁGÓGICAS PARA A


3 MELHORIA DA QUALIDADE DO ENSINOFUNDAMENTAL


4 NA ESCOLA DE HORÁRIO INTEGRAL..................................................



CONCLUSÃO...................................................................................................



BIBLIOGRAFIA CONSULTADA



ÍNDICE











INTRODUÇÃO

A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB – Lei 9394/96) introduziu a perspectivade ampliação do tempo escolar diário nos arts. 34 e 87, sendo mais detalhada no Plano Nacional de Educação (PNE - Lei 10.172/01) e no Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE – Decreto 6094/07). Este estudo trata da realidade brasileira sobre o tema, no sentido de responder ao seguinte questionamento: como a escola integral pode favorecer a aprendizagem dos alunos do ensino fundamental dasinstituições públicas através das proposições da Psicopedagogia.
A perspectiva do ensino fundamental em tempo integral, até então, não é uma realidade generalizada no sistema de ensino e, para tal, torna-se cada vez mais importante o estudo sobre o tema, de modo que a Lei, ao ser cumprida, possa beneficiar a população oferecendo a mesma uma educação de qualidade, que zele pelo aprendizado do aluno epela elaboração do planejamento escolar.
Este trabalho visa conhecer como a escola integral pode contribuir para a melhoria do processo de aprendizagem no ensino fundamental, nas instituições públicas brasileiras, através das proposições da psicopedagogia, visto que a ampliação do horário escolar tem sido um ideal na legislação educacional brasileira e uma realidade, ainda que de modo pontual eesporádico, com a implantação de propostas, muitas vezes bem-sucedidas, em escolas brasileiras.
De acordo com Rodrigues (2009), abordar o desenvolvimento de uma escola em tempo integral implica um compromisso com a educação pública, numa perspectiva de uma escola que cumpra com sua função social de socializar as novas gerações, permitindo-lhes o acesso aos conhecimentos historicamente acumulados,contextualizando-os e propiciando às crianças e jovens o conhecimento do mundo em que vivem, bem como compreender as suas contradições, o que lhes possibilitará a sua apropriação e transformação.
Dessa forma, a implantação da escola integral no ensino fundamental nas instituições públicas se faz necessária como uma questão relevante, que vai além do acesso e da permanência, mas sim da...
tracking img