Escola classica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1965 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Conceito de Escola Clássica da GestãoAutor: Paulo NunesEconomista, Professor e Consultor de EmpresasData de criação: 26/10/2007Contributos: -Resumo: A Escola Clássica de Gestão é assim denominada por ter sido a primeira escola da gestão a surgir e a produzir uma literatura específica dedicada às organizações em geral e às empresas[->0] em particular. ver maisPalavras chave: organizaçõesprincípios gestão taylor fayol|

Conceito de Escola Clássica da Gestão
A Escola Clássica de Gestão é assim denominada por ter sido a primeira escola da gestão a surgir e a produzir uma literatura específica dedicada às organizações[->1] em geral e às empresas[->2] em particular. É com a Escola Clássica que são estabelecidos alguns dos princípios em que ainda hoje assenta a gestão[->3], entre os quais:a autoridade[->4] exerce-se de cima para baixo (princípios da escala hierárquica); a organização[->5] é um todo mas deve existir distinção entre as diversas funções (princípio da especialização); para que o comando seja eficaz, o número de subordinados[->6] deve ser limitado.
A Escola Clássica apresenta como expoentes máximos dois engenheiros[->7], um americano e outro francês: Frederick W.Taylor[->8] e Henri Fayol[->9], respectivamente
http://www.knoow.net/cienceconempr/gestao/escolaclassicagestao.htm#vermais

Escola Clássica - Fayolismo
1. A Obra de Henri Fayol
Henri Fayol (1841 - 1925) nasceu em Constantinopla e faleceu em Paris.
Aos 19 anos formou-se em engenharia de minas indo trabalhar em uma
indústria de mineração de carvão e aço - Compagni Comenantry Four
Chambaultet Decazeville - onde desenvolveu toda sua carreira. Começou
como engenheiro e terminou como diretor da mesma empresa (1888 a 1918),
salvando-a de uma situação difícil.
Criou o Centro de Estudos Administrativos, onde se reuniam semanalmente
pessoas interessadas na administração de negócios comerciais,
industriais e governamentais.
Fayol desenvolveu um conjunto de "princípios deadministração geral"
que considerava útil para toda situação administrativa em qualquer
tipo de empresa. No prefácio de seu livro afirma que: "A
administração constitui fator de grande importância na direção dos
negócios: de todos os negócios, grandes ou pequenos, industriais,
comerciais, políticos, religiosos ou de qualquer outra índole. "
(Fayol, p.19). Seu livro "Administração Geral eIndustrial" (1916)
somente foi publicado quando tinha 70 anos e está dividido em duas
partes: a primeira trata da importância do ensino da administração e
a segunda sobre os princípios e elementos da administração.
A partir da Primeira Guerra Mundial, o Fayolismo adquiriu impulso e
popularidade, tornando-se conhecido como "uma escola de chefes". Os
outros trabalhos do autor são poucoconhecidos e seus maiores
divulgadores são Lyndall Urwick e Luther Gulick.
2. A Administração como Ciência
Assim com Taylor, Fayol dedicou sua vida à introdução do método
científico na administração das empresas. Entretanto, enquanto
Taylor realizou seus estudos partindo das funções do operário
chegando às atribuições da gerência, Fayol realizou suas pesquisas
no sentido inverso,seguindo uma hierarquia do topo para a base da
pirâmide. Outra diferença entre os dois autores, diz respeito a
supervisão. Taylor defendia o controle de um operário por diversos
supervisores, cada um especializado em um aspecto da tarefa do
operário. Já Fayol defendia a conceito de unidade de comando, onde um
operário deve ter apenas um chefe.
3. As Seis Funções Básicas da EmpresaFayol distinguiu 6 funções empresariais como o conjunto de
operações que toda a empresa possui.
3.1. Função Técnica - é a função relacionada com a produção de
bens ou serviços da empresa (atividade fim). Fayol, não considerava a
capacidade técnica como a função primordial de uma empresa.
3.2. Função Comercial - é relacionada com a compra, venda e permuta
de matéria-prima e produtos. "A...
tracking img