Escola clássica do direito natural

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (819 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE DE EDUCAÇÃO SANTA TEREZINHA
CURSO DE DIREITO

TRABALHO DE FILOSOFIA JURÍDICA

Imperatriz
2010

1 Márcio Guthembergue Gomes dos Santos

2

3

4 Trabalho de Filosofiajurídica

1

Trabalho apresentado à Faculdade deEducação Santa Terezinha como requisito para obtenção de nota na disciplina de Filosofia Jurídica.

Imperatriz
2010"Seguir o impulso de alguém é escravidão, mas obedecer uma lei auto-imposta é liberdade".

Jean-Jacques Rousseau .

FACULDADE DE EDUCAÇÃO SANTA TEREZINHA
DEPARTAMENTO DE DIREITO
DISCIPLINA:FILOSOFIA JURÍDICA
PROFESSOR: ARTUR ALEXANDRE
ACADÊMICO: MÁRCIO GUTHEMBERGUE GOMES DOS SANTOS

ESCOLA CLÁSSICA DO DIREITO NATURAL

Com o Renascimento e a Reforma, separaram-se Direito eTeologia, e nisto fundamentou-se Hugo Grócio para construir uma doutrina de direito natural fundada na razão humana. No século XVII firma-se a escola do direito natural fundada num racionalismoeminentemente abstrato, que, partindo dos fundamentos do Direito, elaboraria a moderna concepção de Estado de Direito liberal-burguês. Nesta linha de pensamento destacam-se John Locke, Thomas Hobbes e SamuelPufendorf. Segundo John Locke, todos os homens possuem, por natureza, os direitos inerentes à liberdade, à igualdade e à propriedade, competindo ao Estado tão-somente tutelar tais prerrogativas naturais.Para Hobbes, a natureza impôs aos homens, tomados isoladamente, um estado de natureza em que a agressividade seria a tônica: homo homini lupus (o homem é lobo do próprio homem), quando em liberdadeabsoluta, sendo natural, portanto, a existência de um poder férreo que minimize esta tendência deletéria. Já Pufendorf distingue o Direito da Teologia, bem como o direito natural do direito positivo,...
tracking img