Esclerose multipla

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (881 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Esclerose Múltipla

O que é?

A esclerose múltipla (EM) ou esclerose disseminada é uma doença neurológica crônica, de causa ainda desconhecida, com maior incidência em mulheres e pessoasbrancas (pessoas com genótipo caucasiano).Este tipo de patologia leva a uma destruição das bainhas de mielina que recobrem e isolam as fibras nervosas (estruturas do cérebro pertencentes ao SistemaNervoso Central ou SNC).Esta doença causa uma piora do estado geral do paciente: fraqueza muscular, rigidez articular, dores articulares e descoordenação motora. O doente sente dificuldade para realizarvários movimentos com os braços e pernas, perde o equilíbrio quando fica em pé, sente dificuldade para andar, tremores e formigamentos em partes do corpo.
Em alguns casos a doença pode provocarinsuficiência respiratória, incontinência ou retenção urinária, alterações visuais graves, perda de audição, depressão e impotência sexual.

Como ocorre?

A causa direta da EM é a degeneração dacamada isoladora lipídica de mielina que envolve os axónios neurais. Esta é provavelmente causada pela destruição, pelo próprio do indivíduo, das células gliais (responsáveis pela produção earmazenamento da mielina). A ausência de isolamento eficaz dos neurónios, e da sua sustentação pelas células gliais, leva à degeneração dos mesmos e à perda de função. As regiões afetadas são as do SistemaNervoso Central (SNC), ou seja: a medula espinhal e o cérebro. Os nervos periféricos não são afetados, provavelmente porque a reação imunitária que danifica as células gliais será específica para osantígenos/antigénios do tipo das células produtoras de mielina do SNC, os oligodendrócitos (que são diferentes das células com a mesma função no Sistema Nervoso Periférico (SNP), conhecidas comocélulas de Schwann).Em indivíduos com susceptibilidade genética (com genes de HLA DR15 ou DQ6, por exemplo) uma infecção viral no SNC pode levar grande número de linfócitos T a atravessar a barreira...
tracking img