Escalas termometricas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1338 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de dezembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Escalas Termométricas |
A três escalas mais utilizadas no mundo |
|
Como Calcular e converter as temperaturas de uma escala para outra. |
|
Leandro Lopes de Oliveira |
Nᴼ: 10 |
20 de Setembro de 2011 |
|

Celsius
O grau Celsius (símbolo: °C) designa a unidade de temperatura, assim denominada em homenagem ao astrônomo sueco Anders Celsius (1701–1744), que foi o primeiro apropô-la em 1742. A escala de temperatura Celsius possui dois pontos importantes, onde ponto de congelação (congelamento) da água corresponde ao valor zero e o ponto de ebulição corresponde ao valor 100, observados a uma pressão atmosférica padrão, também chamada de pressão normal.
Como existem cem graduações entre esses dois pontos de referência, o termo original para este sistema foi centígrado(100 partes) ou centésimos. Em 1948, o nome do sistema foi oficialmente modificado para Celsius durante a 9ª Conferência Geral de Pesos e Medidas (CR 64), tanto em reconhecimento a Celsius como para eliminar a confusão causada pelo conflito de uso do prefixos centi do SI. Portanto, não é conveniente dizer "grau centígrado", mas sim, "grau Celsius".
Enquanto que os valores de congelação eevaporação da água estão aproximadamente corretos, a definição original não é apropriada como um padrão formal: ela depende da definição de pressão atmosférica padrão, que por sua vez depende da própria definição de temperatura. A definição oficial atual de grau Celsius define 0,01 °C como o ponto triplo da água, e 1 grau Celsius como sendo 1/273,16 da diferença de temperatura entre o ponto triplo da água eo zero absoluto. Esta definição garante que 1 grau Celsius apresenta a mesma variação de temperatura que 1 kelvin.
Anders Celsius propôs inicialmente que o ponto de congelação fosse 100 grau Celsius, e o ponto de evaporação 0 grau Celsius. Isso foi invertido em 1747, sob instigação de Lineu, ou talvez de Daniel Ekström, o construtor da maior parte dos termômetros usados por Celsius.
Em 1742 oastrónomo sueco Anders Celsius (1701–1744) criou uma versão "invertida" da versão moderna da escala de temperatura Celsius onde o zero representava o ponto de ebulição da água e o cem representava o ponto de fusão. Na sua publicação Observations of two persistent degrees on a thermometer ele contava como nas suas observações experimentais o ponto de fusão do gelo não era afectado de forma eficazpela pressão; também determinou com grande precisão como o ponto de ebulição da água variava em função da pressão atmosférica. Celsius propôs que o zero na sua escala de temperatura (ponto de ebulição da água) devia ser calibrado à pressão atmosférica ao nível do mar. Esta pressão é conhecida como a pressão de 1 atm. Atualmente, o ponto de fusão equivale ao zero e o ponto de ebulição, à pressão de 1atm, equivale a 100 unidades.

Fahrenheit

O grau Fahrenheit (símbolo: °F) é uma escala de temperatura proposta por Daniel Gabriel Fahrenheit em 1724. Nesta escala o ponto de fusão da água é de 32 °F e o ponto de ebulição de 212 °F. Uma diferença de 1,8 grau Fahrenheit equivale à de 1 °C.
Esta escala foi utilizada principalmente pelos países que foram colonizados pelos britânicos, mas seu usoatualmente se restringe a poucos países de língua inglesa, como os Estados Unidos e Belize.
Para uso científico, há uma escala de temperatura, chamada de Rankine, que leva o marco zero de sua escala ao zero absoluto e possui a mesma variação da escala Fahrenheit, existindo, portanto, correlação entre a escala de Rankine e grau Fahrenheit do mesmo modo que existe correlação das escalas Kelvin egrau Celsius.
Em 1708 Daniel Gabriel Fahrenheit visitou Olaf Rømer em Copenhague. Com ele, aprendeu muito sobre a construção de termômetros de mercúrio, aperfeiçoando o processo de purificação do elemento posteriormente. Olaf Rømer era astrônomo e, portanto, estava habituado a utilizar o sistema sexagesimal (60 unidades). Esta provavelmente é a razão de ter atribuído nas suas pesquisas o valor...
tracking img