Erros e correções dos nados peito e borboleta

Erros e Correções dos nados Peito e Borboleta

O trabalho visa mostrar exercícios que possam auxiliar no aprendizado do nado peito e do nado borboleta. Abordando os erros mais comuns na forma de execução dos nados e demonstrando suas possíveis correções, para melhor aprendizado e execução dos nados.

Nado de Peito

O nado peito é caracterizado como nado simétrico e simultâneo, ou seja, osmovimentos realizados pelo lado direito do corpo são simultaneamente acompanhados por movimentos idênticos do lado esquerdo.

1. Erros:

1.1. Movimento dos Braços
- Iniciar a braçada sem que os braços estejam completamente estendidos à frente.
- Início da braçada sem as palmas estarem voltadas para fora.
- Abertura exagerada dos braços antes da tração.
- Executar o início da braçada muitosuperficialmente.
- Apoio inicial muito profundo.
- Mãos ultrapassam a linha dos ombros.
- Desenvolver os movimentos dos braços lentamente, sem velocidade.
- Ao iniciar o lançamento dos braços à frente, parar bruscamente o movimento.
- Na recuperação manter as mãos e cotovelos baixos.
- Executar a tração dos braços diferentemente um do outro.
- Executar a tração dos braços lateralmente paratrás (horizontal).
- Braçada demasiadamente curta.

1.2. Movimento das Pernas
- Joelhos muito unidos na flexão dos joelhos.
- Joelhos e pés muito separados na flexão dos joelhos.
- Uma perna flexiona em plano diferente da outra (assimetria).
- Joelhos serem levados ao peito.
- Executar a pernada com os dois pés voltados para dentro.
- Executar a pernada com os dois pés em extensão.
-Executar a pernada muito na superfície, com parte dos pés saindo da água.
- Executar a pernada profunda.
- Não completar a pernada até a união dos pés.
- No início da extensão das pernas, mantê-las mais unidas do que as coxas.
- Terminar a pernada com elas estendidas e separadas.

1.3. Respiração
- Elevação exagerada da cabeça para a inspiração.
- Após a inspiração lançar a cabeça para baixo.- Girar a cabeça para os lados.
1.4. Coordenação
- Elevar a cabeça para inspirar no início da braçada.
- Executar a braçada e pernada simultaneamente.
- Iniciar a braçada sem as pernas e os pés estarem completamente estendidos.
- Iniciar a flexão das pernas sem que os braços tenham atingido o final da tração.
- Iniciar a flexão das pernas quando se inicia a tração dos braços.

1.5.Viradas
- Não tocar as duas mãos na parede simultaneamente.
- Após o giro, ficar de frente para a piscina.
- Dar impulso sem os braços estarem estendidos á frente da cabeça.
- Executar mais de uma braçada ou pernada submersa.
- Dar impulso na parede com as pernas estendidas.
- Dar impulso na parede com o corpo muito na superfície.
- Dar impulso na parede com o corpo muito profundo.
- Após avirada, fazer a braçada lateralmente ou verticalmente.
- No final da braçada, empurrar a água para a coxa.
- Recuperar os braços afastados do corpo.
- Deslizar com a cabeça alta ou baixa.
- Tocar as mãos na parede muito acima do nível da água.
- Ao tocar a parede, flexionar exageradamente os braços.
- Antes de tocar a parede não completar um ciclo completo do movimento dos braços e pernas.2. Correções:

2.1. Pernas
- Pernada de peito com prancha - cabeça fora da água, enfatizando o final da pernada, pés juntos e estendidos.
- Pernada de peito - com os braços estendidos à frente da cabeça.
- Pernada de peito com as mãos entrelaçadas atrás dos quadris - respirar no momento em que se flexiona os joelhos para armar a pernada procurando empurrar a água para cima, com os pés quepermanecem estendidos.
- Pernada de peito com as mãos ao longo do corpo-Tocar os calcanhares com os dedos, no momento em que as pernas estão no seu ponto máximo de flexão. Os joelhos devem permanecer ligeiramente separados e os calcanhares um pouco mais afastados que a linha dos quadris.
- Pernada de peito em decúbito dorsal - os braços permanecem atrás da cabeça e as mãos entrelaçadas, os...
tracking img