Erros na imprensa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1162 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Leia os seguintes exemplos e procure detectar o erro. Corrija-o e explique-o.

1. “A quem visitou recentemente algumas cidades alemãs não escapou os efeitos da recessão…” (jornal)
2. “Tratam-se de leituras feitas por estrangeiros sobre Portugal.” (jornal)
3. “A nossa última revista saiu em relação á data que seria suposto tal acontecer com cerca de 30 dias de atrazo.
Apesar destaDirecção ter tomado posse a praticamente 60 dias da data da sua previsível saida, apesar das dificuldades inerentes a quem pega num assunto a meio, e ainda pelo facto de ser nossa intenção de proceder a uma profunda remodelação editorial da nossa revista (já parcialmente feita na última edição), apesar da dificuldade de encontrar o papel adequado para imprimir a revista, e ainda da máquina que iaimprimir a revista ter quebrado, apesar de tudo isto os companheiros foram lesados e por isso VIMOS APRESENTAR AS NOSSAS DESCULPAS.
É nosso entendimento que os companheiros tem direito ao melhor e a uma revista que seja útil e lhes dê informação e sobretudo lhes traga uma leitura agradável.
Como tal vimos solicitar que nos escrevem a dar conta das vossas criticas, sugestões, etc., para melhorar arevista de todos nós.” (revista de campismo)
4. “Brigada de trânsito elogia civismo de Guterres: «É dos que está sempre pronto a mostrar a carta!»” (secção humorística de um semanário)

5. “O Governo Espanhol presidido por Felipe Gonzalez, pese embora os escândalos internos e a crispação relacionada com as eleições…” (jornal)

6. Agora, alguns excertos de erros em televisão:

a)Vamos dar por fim esta transmissão da tomada de posse do primeiro-ministro…
b) O acordo não é tão gravoso do que se previa.
c) As regras de futebol estão de costas voltadas com as leis da EU.
d) O primeiro-ministro reserva-se ao direito de escolher o seu governo.
e) A proposta do governo ainda não se aproxima aos salários comunitários.
f) Resta a solidificação dos negóciospelos empresários.
g) Cuidado ao circular na ponte porque os menos percalços podem cair num buraco da via.
h) As pessoas estão aqui quase engeladas para ouvir este concerto pela paz.
i) Costumamos a dizer que… (entrevistas a populares).
j) Santana Lopes ficou a pregar sozinho.
k) Mas espera-lhes grandes dificuldades.
l) O primeiro-ministro afirmou de que a portagem da pontenão seria abolida.
m) A ideia que eu fiquei foi…
n) “Nada que a polícia não prevesse”.
o) “Não vê por enquanto que haja motivo para alarme.”

7. “Greve de maquinistas para comboios”. (jornal)
8. “Curiosamente, e se olharmos para a política em vários países, incluindo no nosso, o paralelo pode estabelecer-se.” (jornal)
9. “O que mais o agradou nas Festas do Bodo?” (jornal)10. “Tendo sido salvaguardado os interesses do Estado…” (rádio)
11. “Os bancos entusiasticamente ofereciam crédito às pessoas, mas para isso tiveram eles próprios de se endividarem a bancos estrangeiros. (jornal)
12. “O casino existe para enriquecer apenas os seus proprietários, ajuda também o Estado a arrecadar mais umas massas, mas prejudica de sobremaneira os jogadores e apostadores.”(jornal)
13. “O cientista descobriu um dos genes responsável pela doença.” (Rádio)
14. “Depois de trabalhar tanto tempo por conta de outrém, deixou a RTP e, apesar de ter o seu milhãozito de contos…” (Jornal)

A Professora
Ana Teresa Peixinho
Correcção dos erros

1. “A quem visitou recentemente algumas cidades alemãs não escaparam os efeitos da recessão…” (jornal)
Erro sintácticode concordância verbal: o sujeio é os efeitos que vem após o verbo.
2. “Trata-se de leituras feitas por estrangeiros sobre Portugal.” (jornal)
Acepção impessoal do verbo tratar.
3. “A nossa última revista saiu, em relação á data em que seria suposto tal acontecer, com cerca de 30 dias de atraso.
Apesar de esta Direcção ter tomado posse a praticamente 60 dias da data da sua previsível...
tracking img