Erradicar a extrema pobreza e a fome

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (303 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Erradicar a extrema pobreza e a fome
O Brasil diminuiu muito a taxa de extrema pobreza, porém não conseguirá erradicar até o ano de 2015; Seria possível acabar com a extremapobreza se o Brasil divulgasse e todos ficassem sabendo, mas infelizmente desde 1990 que foi quando se iniciou a contagem da miséria, poucos têm conhecimento sobre o programa das NaçõesUnidas para o desenvolvimento.
Atingir o ensino básico universal
No Brasil, as mulheres já estudam mais que os homens, mas ainda têm menos chances de emprego, recebem menos do quehomens trabalhando nas mesmas funções e ocupam os piores postos. É provável que até 2015 não haja igualdade entre os sexos, pois o conceito que inferioriza as mulheres começa desdemuito cedo na antiguidade até hoje em muitos países que os pais decidem em manter a filha viva ou não caso não a queiram.
Promover a igualdade entre os sexos e a autonomia das mulheresNo Brasil, as mulheres já estudam mais que os homens, mas ainda têm menos chances de emprego, recebem menos do que homens trabalhando nas mesmas funções e ocupam os piores postos.É provável que até 2015 não haja igualdade entre os sexos, pois o conceito que inferioriza as mulheres começa desde muito cedo na antiguidade até hoje em muitos países que os paisdecidem em manter a filha viva ou não caso não a queiram.
Reduzir a mortalidade na infância
O Brasil reduziu a mortalidade infantil, porém a meta é reduzir ainda mais a taxa de 19óbitos a cada mil crianças com menos de 1 ano para aproximadamente 17 óbitos por mil.
Melhorar a saúde materna
Desde 1990 até 2007 o Brasil reduziu a taxa de mortalidade materna em50%, ou seja, em 140 óbitos de 100 mil mulheres caiu para cerca de 70 mortes, precisamos cair ainda mais; porém a meta foi atingida
Combater o HIV/Aids, a malária e outras doenças
tracking img