Ernst fischer - a necessidade da arte

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 22 (5405 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADES JK
QS 01 Rua 212 Lotes 11, 13 e 15 – Taguatinga Sul – DF. Fone: 3352 6290
www.faculdadesjk.com.br
CURSO: PEDAGOGIA - DISCIPLINA: Fundamentos Teóricos e Metodológicos da Arte - TURMA: P6
PROF:
SIMÃO
DE
MIRANDA

simaodemiranda@unb.br
ou
simaodemiranda@globo.com
www.simaodemiranda.com.br
DOWNLOAD DO MATERIAL DE ESTUDO: www.simaodemiranda.com.br/jkpedagogia.htm

-Fischer, Ernst. A Necessidade da Arte. Rio de Janeiro: Zahar, 1983.
A Função da Arte
O pintor Mondrian falou do possível "desaparecimento" da arte. A realidade, segundo ele acreditava,
iria cada vez mais deslocando a obra de arte, que essencialmente não passaria de uma compensação para o
equilíbrio deficiente da realidade atual. "A arte desaparecerá na medida em que a vida adquirir maisequilíbrio".
"A arte concebida como “substituto da vida”, a arte concebida como o meio de colocar o homem em
estado de equilíbrio com o meio circundante - trata-se de uma idéia que contém o reconhecimento parcial da
natureza da arte e da sua necessidade. Desde que um permanente- equilíbrio entre o homem e o mundo que o
circunda não pode ser previsto nem para a mais desenvolvida das sociedades, trata-se deuma idéia que
sugere, também, que a arte não só é necessária e tem sido necessária, mas igualmente que a arte continuará
sendo sempre necessária.
No entanto, será a arte apenas um substituto? Não expressará ela também uma relação mais profunda
entre o homem e o mundo? E, naturalmente, poderá a função da arte ser resumida em uma única fórmula?
Não satisfará ela diversas e variadasnecessidades? E se, observando as origens da arte, chegarmos a
conhecer a sua função inicial, não verificaremos também que essa função inicial se modificou e que novas
funções passaram a existir?
Este livro representa uma tentativa para responder a questões como essas, com base na convicção de
que a arte tem sido, é e será sempre necessária.
Como primeiro passo, é preciso advertir que tendemos aconsiderar natural (e aceitá-lo como tal) um
fenômeno surpreendente. E, de fato, referimo-nos a algo surpreendente: milhões de pessoas lêem livros,
ouvem música, vão ao teatro e - ao cinema. Por quê? Dizer que procuram distração, divertimento, a
relaxação, é não resolver o problema. Por que distrai, diverte e relaxa o mergulhar nos problemas e na vida
dos outros, o identificar-se com uma pintura oumúsica, o identificar-se com os tipos de um romance, de uma
peça ou de um filme? Por que reagimos em face dessas "irrealidades" como se elas fossem a realidade
intensificada? Que estranho, misterioso divertimento é esse? E, se alguém nos responde que almejamos
escapar de uma existência insatisfatória para uma existência mais rica através de uma experiência S.em
riscos, então uma nova pergunta seapresenta: por que nossa própria existência não nos basta? Por que esse
desejo de completar a nossa vida incompleta através de outras figuras e outras formas? Por que, da penumbra
do auditório, fixamos o nosso olhar admirado em um palco iluminado, onde acontece algo que é fictício e
que tão completamente absorve a nossa atenção?
É claro que o homem quer ser mais do que apenas ele mesmo. Querser um homem total. Não lhe
basta ser um indivíduo separado; além da parcialidade da sua vida individual, anseia uma "plenitude" que
sente e tenta alcançar, uma plenitude de vida que lhe é fraudada pela individualidade e todas as suas
limitações; uma plenitude na direção da qual se orienta quando busca um mundo mais compreensível e mais
justo, um mundo que tenha significação. Rebela-se contrao ter de se consumir no quadro da sua vida
pessoal, dentro das possibilidades transitórias e limitadas da sua exclusiva personalidade. Quer relacionar-se
a alguma coisa mais do que o "Eu", alguma coisa que, sendo exterior a ele mesmo, não deixe de ser-lhe
essencial. O homem anseia por absorver o mundo circundante, integrá-lo a si; anseia por estender pela
ciência e pela tecnologia o seu...
tracking img