Erlichiose canina

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2079 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de julho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
ERLICHIOSE CANINA

1. INTRODUÇÃO

A erlichiose é uma enfermidade infecciosa causada por bactérias pertencentes à família Riquetsias. Tal enfermidade atinge animais de todas as raças e idades e por ser potencialmente fatal para cães e animais pertencentes à família Cannidaes (PYLE, 1980) exige atenção ao diagnóstico e tratamento da doença, pois é considerada uma zoonose podendo sertransmitida do animal infectado para o homem.
Sua transmissão se dá pela picada do carrapato marrom dos cães, Rhipicephalus sanguineus, infectados com Ehrlichia canis (OURO FINO) através do contato da saliva infectada do hospedeiro com o local da picada no animal (HOSKINS 1991, citado por DIAS, et al,2008 ).
A doença apresenta três fases, sendo ela aguda, subclinica e crônica. Nosdias atuais a doença acaba por chegar ao estágio crônico demaciada vezes por falta de atenção do próprio medico veterinário, que não reconhece certos sintomas ou não solicita exames complementares para uma melhor análise da situação clinica do paciente.
Por este motivo resolvemos fazer este projeto para uma futura revisão de literatura, atentando aos aspetos clínicos que animal apresenta paraque o diagnóstico possa ser feito o mais cedo possível, facilitando assim o tratamento e aumentando as chances de sucesso do mesmo.

2. OBJETIVO

O objetivo desta revisão de literatura é destacar principalmente os sinais clínicos desta enfermidade para que seu diagnóstico possa ser feito o mais rápido possível evitando assim estágios mais severos da doença.

3. MÉTODO

Paraatingirmos nosso objetivo foi uma revisão de bibliografia consultando sites, artigos científicos e livros com conteúdo adequado. O artigo cientifico “é um texto escrito para ser publicado num período especializado e tem o objetivo de comunicar os dados de uma pesquisa, seja ela experimental, quase experimental ou documental” (AZEVEDO, 2001, p.82). Artigo de revisão é a parte de uma publicação queresuma, analisa e discute informações já publicadas (NBR 6022, 2003, p.2).

4. REVISÃO DE LITERATURA

A erliquiose canina é uma enfermidade endêmica que acomete praticamente todas as regiões do Brasil, é causada por bactérias pertencentes à família Riquetsias. Tal enfermidade atinge animais de todas as raças e idades e por ser potencialmente fatal para cães e animais pertencentes à famíliaCannidaes (PYLE, 1980) exige atenção ao diagnóstico e tratamento da doença, pois é considerada uma zoonose podendo ser transmitida do animal infectado para o homem.
A erliquiose é causada por microrganismos gram negativos, pleomórficos e intracelulares obrigatórios, estes microorganismos parasitam células brancas de várias espécies (COHN, 2003, citado por GARCIA, et al,2008 .)Erlichia spp. são riquetsias transmitidas por carrapatos que ao invadir a célula do hospedeiro formam agrupamentos intracelulares chamados de mórulas (NELSON, 2001) . Elas se multiplicam dentro de vesículas intracitoplasmáticas demarcados por membranas. Mórulas menores 4um são visíveis em esfregaço corado através da imunofluorecência. (HIRSH.D, 2003).
Sua transmissão se dá pela picada docarrapato marrom dos cães, Rhipicephalus sanguineus, infectados com Ehrlichia canis (OURO FINO) através do contato da saliva infectada do hospedeiro com o local da picada no animal (HOSKINS 1991, citado por DIAS, et al,2008 ) podendo transmitir a doença por até 155 dias (NELSON, 2001) entre os animais a transmissão é atravéz da picada do R.saguineus já que o animal após a infecção se torna umreservatório. (HOSKINS 1991, citado por DIAS, et al,2008).
Por não ser transmitido via transovariana o E.canis pode ser eliminado no ambiente atravéz do tratamento de todos os animais infectados ou controle dos vetores no ambiente assim os carrapatos que não foram contaminados se alimentam de um cão riquetsêmico na fase aguda,se auto-infectando permitindo a perpetuação da doença. (NELSON, 2001) A...
tracking img