Erisipela

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3397 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Sistematização da Assistência de Enfermagem em Paciente Idosa Portadora de Erisipela com Edema em Membros Inferiores


Maria Luiza de Oliveira e Silva

Resumo
A Atenção Básica tem como fundamentos possibilitar o acesso universal e contínuo a serviços de saúde de qualidade e resolutivos, caracterizados como a porta de entrada aberta e preferencial da rede de atenção,acolhendo os usuários e promovendo a vinculação e corresponsabilização pela atenção às suas necessidades de saúde.
A erisipela é uma patologia frequente na prática clínica. É encontrada no mundo inteiro, sendo 10-100 casos/100.000 habitantes, em todas as camadas sócio-econômicas, porém predominando em populações mais pobres e em locais de clima quente e úmido, no verão, mais em adultos.O sexo feminino é o mais atingido e afecta sobretudo os adultos entre os 40 e 60 anos. Os principais factores de risco da erisipela dos membros inferiores são os factores locais


Introdução
Os princípios fundamentais da atenção básica no Brasil são: integralidade, qualidade, eqüidade e participação social. Mediante a adstrição de clientela, as equipes Saúde da Família estabelecemvínculo com a população, possibilitando o compromisso e a co-responsabilidade destes profissionais com os usuários e a comunidade. (Ministério da Saude, 2011)
Erisipela é uma infecção cutânea causada geralmente pela bactéria Streptcoccus pyogenes do grupo A e aureus encontradas em suínos, que penetra através de um pequeno ferimento (picada de inseto, frieiras, micoses de unha) na pele ou namucosa, dissemina-se pelos vasos linfáticos e pode atingir o tecido subcutâneo e o gorduroso.
Na maioria dos casos, a lesão tem limites bem definidos e aparece mais nos membros inferiores. Embora menos frequente, ela pode localizar-se também na face e está associada à dermatite seborreica.

Cursa usualmente com eritema, edema e dor. Na maioria dos casos também com febre e leucocitos.Justificativa

A erisipela é uma patologia frequente na prática clínica.

É encontrada no mundo inteiro, sendo 10-100 casos/100.000 habitantes, em todas as camadas sócio-econômicas, porém predominando em populações mais pobres e em locais de clima quente e úmido, no verão, mais em adultos. Predomina (85%, em média) nos membros inferiores, sendo mais rara nos membros superiorese na face, bem como em localizações atípicas, como abdome e coxa, geralmente em pacientes portadores de obesidade ou com imunidade comprometida.
O sexo feminino é o mais atingido e afecta sobretudo os adultos entre os 40 e 60 anos.
Os principais factores de risco da erisipela dos membros inferiores são os factores locais: o linfedema crónico e a existência de uma solução decontinuidade na pele (intertrigo interdigital de etiologia fúngica, úlcera crónica ou lesão traumática).

Objetivo

Observar o trabalho realizado pela Equipe do Nucleo Rural do Lago Oeste no tratamento e orientação dos pacientes quanto à patologias, exames, atendimento geral, visando o aprefeiçoamento da equipe para melhor atender a comunidade.

Metodologia

Estudo realizado no PSFdo Nucleo Rural Lago Oeste. No período de 30/08 à 20/09/2012, onde foi observada à assistêntencia prestada à comunidade local pelos profisionais responsáveis, onde foi atendido pacientes que procuraram o PSF, visitas domiciliares e visitas na escola do local. O estudo se baseia na lei 8080/90 que dispõe sobre as condições para a promoção, proteção e recuperação da saúde, a organização e ofuncionamento dos serviços correspondentes, na Portaria MS n° 2.488/2011 que aprova a Política Nacional de Atenção Básica, estabelecendo a revisão de diretrizes e normas para a organização da Atenção Básica, para a Estratégia Saúde da Família (ESF) e o Programa de Agentes Comunitários de Saúde (PACS) e em informações disponíveis no Portal da Saúde (Ministério da Saúde).
Revisão e comparação do...
tracking img