Erikson e a teoria psicossocial do desenvolvimento

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1102 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
RABELLO, E.T. e PASSOS, J.S.; Erkson e a Teoria Psicossocial do Desenvolvimento.Disponível em HTTP://www.josesilveira.com em de outubro de 2007.




O presente texto aborda questões relativas à Erikson e a teoria Psicossocial do Desenvolvimento. Sem negar a teoria Freudiana sobre desenvolvimento psicossexual, Erikson mudou o enfoque desta para o problema da identidade e das crises do ego,ancorado em um contexto sociocultural. O estudo da identidade tornou-se estratégico para o autor, que viveu em uma época onde a psicanálise deslocava o foco do id e das motivações inconscientes para os conflitos do ego.
Na verdade, é preciso considerar que as mudanças de enfoque na teoria psicanalítica ocorreram antes da morte de Freud ( Hall ET. AL., 2000). O que havia de ser contestado emodificado foi feito por seus discípulos em sua presença. Esta foi a causa de tantas dissidências em seu circulo de estudos.
Após a morte de Freud, a psicanálise sofreu espécie de ampliação e algumas ideias foram redefinidas, outras suprimidas, mas, em sua maioria até mesmo por decorrência do contato da psicanálise com a psicologia foram estendidas.
Em meados do Séc XX, Erikson começa a construir suateoria psicossocial do desenvolvimento humano, repensando vários conceitos de Freud, sempre considerando o ser humano como um ser social, antes de tudo, um ser que vive em grupo e sofre a pressão e a influencia deste. A partir desta consideração ele formula sua teoria de forma a deixar duas importantes contribuições à Psicanálise:
“deixa uma teoria na qual o ego tem uma concepção ampliada erealiza estudos psico-históricos, exemplificando sua teoria psicossocial no curso da vida de algumas figuras famosas. Essa metodologia é totalmente nova para a psicanálise da época e na própria psicologia, pois estudos longitudinais eram muito raros e complexos de serem realizados, emboré se mostrem como um excelente método de validar teorias como a de Erikson, que trabalham o ciclo vital como umcontínuo onde cada fase influencia a seguinte.” ( p. 02)
E.Erikson ao trabalhar com o ciclo vital apresentou propostas de estágios psicossociais envolvendo outras artes do ciclo vital além da infância, ampliando a proposta de Freud. Não existe uma negação da importância dos estágios infantil, pois eles acontecem num todo tanto desenvolvimento psicológico quanto motor.
Erikson criou alguns estágios,que ele chamou de psicossociais, onde ele descreveu algumas crises pelas quais o ego passa, ao longo do ciclo vital, estas crises seriam estruturadas de forma que, ao sair delas, o sujeito sairia com um ego (no sentido freudiano) mais fortalecido ou mais frágil, de acordo com sua vivencia do conflito, e este final de crise influenciaria diretamente o próximo estágio, de forma que o desenvolvimentodo indivíduo estaria completamente imbricado no seu contexto social, palco destas crises.
Concluímos que o artigo (texto) nos apresentou questões importantíssimas a respeito do processo psicossocial abordado por Erikson, e reflexões quanto aos estágios apresentados.
Confiança Básica x Desconfiança Básica que nos relata o inicio da infância, de como a criança se socializa com a mãe e/ou a pessoaque lhe cuida, sendo assim estabelece a primeira relação social do bebe.
Autonomia x Vergonha e Dúvida, Erikson relata que corresponde ao estágio anal freudiano, a criança já tem controle de seus movimentos musculares, experiências ligadas à atividade exploratória e à conquista da autonomia. A aceitação deste controle social pela criança implica no aprendizado, momento em aprende as regras.Iniciativa x Culpa, corresponde à fase fálica freudiana, a criança já conseguiu a confiança com o contato inicial com a mãe, e a autonomia, com a expansão motora e o controle, agora cabe associar a autonomia e a confiança, a iniciativa, pela expansão intelectual.
Diligências x Inferioridade, contraditoriamente, esta foi a menos explorada por Freud. Mas para Erikson o período foi marcado pelo...
tracking img