Ergonomia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1988 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO

O ambiente de trabalho pode refletir as qualidades de seus funcionários. Por isso é necessário que o ambiente de trabalho seja um local com hábitos sadio e agradável, para que consiga proporcionar aos seus trabalhadores proteção ao executar as tarefas. Desta maneira, o ideal seria que não se ocorresse acidentes, doenças ocupacionais e que existisse um bom relacionamento entrecolegas de trabalho e empresa.
Entretanto, a grande maioria das empresas ao ter como meta a redução de custos em equipamentos compromete os aspectos ergonômicos de sua empresa, colocando em uso apenas o essencial para iniciar as atividades laborais, mas, não cobra a sua utilização por parte dos funcionários.
Tendo como premissa que a conquista da qualidade dos produtos ou serviços e,o aumento produtividade, só será possível com a qualidade de vida no trabalho, o projeto ergonômico do posto de trabalho e do sistema de produção não é mais apenas uma necessidade de conforto e segurança, e sim, uma estratégia para a empresa sobreviver no mundo globalizado.

ERGONOMIA

A ergonomia nasceu da constatação de que “o homem não é uma máquina, como as outras”, e danecessidade de responder questões levantadas pelas situações de trabalho insatisfatórias. Surgiu da fusão de duas correntes, a produtivista que compreende o homem em atividade profissional pra a adaptar as ferramentas, as máquinas, os espaços de trabalho, os ambientes e organização do trabalho, e a higienista, que entende os efeitos negativos do trabalho sobre o homem para suprir suas causas.
Apalavra “Ergonomia” vem de duas palavras Gregas: “ergon” que significa trabalho, e “nomos” que significa regras, leis.
A ergonomia e os problemas relativos ao trabalho já existiam desde a utilização das primeiras ferramentas pelo homem, com o objetivo de adaptar os meios de trabalho ao próprio trabalho.
O termo “ergonomia” foi empregado pela primeira vez em 1857, pelo polonês W.Jastrzebowiski, que o definiu como a ciência da utilização das forças e capacidades humanas.
No século XIX, Taylor propõe um método científico para gestão das fábricas
(Organização Científica do Trabalho ) , visando a obtenção do rendimento máximo do homem no trabalho, através de um estudo de seus gestos e movimentos, porém não reconhecia a importância da atividade mental nestetrabalho, e o comportamento humano devia ser invariável e constante, independentemente da experiência, da idade, de constrangimentos externos e de mudanças no seu estado interno. O método se caracteriza pela divisão de tarefas e estabelece uma separação entre quem planeja e quem as executa.
No Brasil a ergonomia passou a ter maior destaque nos anos 1980, em decorrência da necessidade de prevençãodas LER/ DORT, que já acometiam um grande número de trabalhadores, mais especificamente os digitadores da área de Processamento de Dados no Sistema Bancário. Por ação do Sindicato de Processamento de Dados do Estado de São Paulo junto às instituições governamentais envolvidas na melhoria das condições de trabalho nessa categoria profissional foi criada a NR17 – ERGONOMIA ( Norma Regulamentadora deSegurança e Medicina do Trabalho do Ministério do Trabalho )que regulamentou e estabeleceu normas e critérios referentes á organização do trabalho, como a introdução das pausas, jornada de trabalho,condições de mobiliário e equipamentos, levantamento de transporte de cargas.
A ergonomia se preocupa com as condições gerais de trabalho, tais como, a iluminação, os ruídos e a temperatura, quegeralmente são conhecidas como agentes causadores de males na área de saúde física e mental.
A ergonomia é a busca da relação ideal entre indivíduo e ambiente de trabalho. Ela visa garantir a segurança, a saúde e o bem-estar do trabalhador, a fim de prevenir acidentes e doenças, aperfeiçoar processos, garantir a eficiência e melhorar a produtividade. Esta estuda o trabalhador em situação...
tracking img