Ergonomia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1737 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE DO VALE DO RIO DOS SINOS - UNISINOS
CIÊNCIAS ECONÔMICAS
ESTAGIO MODULO II

LEANDRO LEAL BELLINI

CASO DO ESTUDIO FOTOGRÁFICO FOTO ARY

São Leopoldo
2010
Sumário

1. Introdução 3

2. Descrição do problema gerencial 3

3. Descrição da solução adotada pela empresa 4

4. Apresentação dos resultados obtidos 5

5. Análise crítica da decisão 5

6. Questões paradiscussão e respostas 6

7. Conclusões do Estágio 7

8. Referências Bibliográficas 7

1. Introdução

ARS – Studio e Materiais Fotográficos foi criado em maio de 1987 em Porto Alegre, como micro-empresa. Tem atuação principal em reportagens de eventos, vendas de materiais e outros serviços fotográficos. A empresa familiar é constituída por dois sócios, ambos adquiriram o pontoatravés de compra, onde o antigo proprietário já exercia a mesma atividade do ramo. Após cinco anos de funcionamento foi feita a compra do prédio onde está instalada.
No início de suas atividades o mercado era promissor e a concorrência acirrada, a empresa contava com uma grade experiência na área fotográfica por um de seus sócios e com boa qualidade dos seus serviços prestados. Apesar daconcorrência ser grande na sua área, a empresa tem um bom desenvolvimento com alguns contratos de prestação de serviços com empresas de grande porte, obtendo lucros positivos, e gerando motivação aos seus sócios.

2. Descrição do problema gerencial

Com o advento da inovação tecnológica em todas as áreas, isto não seria diferenciado na fotografia; logo a partir dos anos 2000 o ramo dafotografia começou por um período de transição passando da fotografia analógica (máquinas fotográficas com filme) para as digitais (máquinas fotográficas com cartão de memória). Com isso os estúdios, fotógrafos e laboratórios tiveram que passo a passo irem se aperfeiçoando, pois toda a parte analógica para a fotografia começou a ficar escassa.
Para a empresa e seus sócios não foidiferente. Conforme o avanço tecnológico com máquinas digitais que a pessoa pode tirar enumera fotos e escolher as que ficam melhores, em muitos eventos fica dispensável a presença de um profissional. Isto fez com que a procura por este serviço diminuíssem aproximadamente uns 50% por meados de 2000. Este tipo de serviço era muito rentável para a empresa com uma faixa de lucro 400%, entretanto a empresatinha outros ganhos como materiais fotográficos, fotos para documentos feitas no local e revelações de filmes próprios e de clientes, feitas em outros laboratórios. As fotos para documentos que representavam aproximadamente 40% do lucro da empresa foram diminuindo e seu custo se elevando, os laboratório que faziam a revelação deste tipo de foto estavam escasso, com custo elevado e com qualidade dafoto não muito boa.
Todas estas atividades voltadas para área analógica da fotografia. Portanto, com a evolução da indústria fotográfica para a era digital, todo este aparato foi sendo extinto ou trocado; a procura por estes materiais foram diminuindo, assim fez com que a os lucros da empresa fossem diminuindo cada vez mais paralelamente.
Com o problema apresentado acima podemosperceber a fotografia teve uma inovação tecnologia. Segundo BATEMAN, Thomas S.; SNELL, Scott. (2009) tecnologia pode ser definida como métodos, processos, sistemas e habilidades usados para transformar recursos em produtos e inovação como uma mudança ma tecnologia – um abandono da maneiras anteriores de fazermos as coisas. Com estes conceitos fica vai de perceber que a empresa necessitaria de umaperfeiçoamento tanto de seus sócios quanto do equipamento, e busca de novos materiais fotográficos que suprissem aos extintos, como por exemplo, máquinas analógicas e filmes. Logo o questionamento que feito foi: com a inovação em todas as áreas da fotografia a qual estamos inseridos o que fazer para nos aprimorarmos e alavancar os ganhos?

3. Descrição da solução adotada pela empresa...
tracking img