Equoterapia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3063 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Psicomotricidade no âmbito equoterápico

Sílvio Secioso Varejão
Thaline Guedes Sacilotto
Denise Pereira Alcântara Ferraz


Resumo
Como prática terapêutica de enfoque inter e transdisciplinar, a equoterapia se utiliza do cavalo como instrumento cinesioterapêutico gerador de estímulos capazes de causar ajustes de postura, tonicidade e equilíbrio em seus praticantes através dediferentes modalidades de exercícios e da interação do homem com o animal, gerando benefícios biopsicossociais.
Palavras-chave: Equoterapia. Psicomotricidade. Hipoterapia. Reeducação.


Abstract
As a therapeutic practice with an inter and transdisciplinary focus, the equoteraphy utilizes the horse as a cinesiotherapeutic instrument to create stimulus that can cause stance, tonicity and equilibrium inits practitioners across different modalities of exercises and the interaction of the man and the animal, generating biopsychosocial benefits.
Key words: Equoteraphy. Psychomotricity. Re-education.


Introdução

O presente artigo foi desenvolvido tendo em vista as muitas modalidades de exercícios oferecidos pelo trabalho em equoterapia, bem como os estímulos gerados pela complexa interaçãohomem-animal, pelos quais se dão os benefícios da equoterapia, bem como contribuir para o enriquecimento literário nesta área.
Pretende-se expor os mecanismos pelos quais esta interação e as práticas acima citadas podem gerar tais benefícios, e também as principais características do trabalho equoterápico, bem como da equipe que o realiza.

Equoterapia: Definição e conceituação.

A Palavraequoterapia, segundo a Associação Nacional de Equoterapia denomina as atividades terapêuticas realizadas com o cavalo e a cavalo, vem do radical latino “equus” associado ao grego “therapeia”. O prefixo equus evidencia a utilização do cavalo e técnicas de equitação e da atividade eqüestre, e Therapeia à aplicação de conhecimentos técnico-científicos no campo da terapia e da educação (ANDE, 2006).Desde 1890, Gustavo Zander, fisiatra e mecanoterapeuta sueco, já afirmava que as vibrações com 180 oscilações por minuto era capaz de ativar o sistema nervoso, e mais tarde, Detleveu Rieder mediu as vibrações geradas sobre o dorso do cavalo ao passo e elas correspondiam exatamente as 180 oscilações por minuto indicadas por Zander (ANDE, 2006).
Hoje em dia, sabe-se que os movimentos geradospela locomoção do cavalo, transmitidos ao cavaleiro através do dorso do animal são seqüenciados simultaneamente e tridimensionais, ou seja: acontecem de cima à baixo, de um lado a outro, para frente e para trás. E ao compararmos esse deslocamento com a locomoção humana, constatamos enorme semelhança (ANDE, 2006). Estima-se que o movimento tridimensional produzido pelo cavalo se difere apenas 5%do movimento produzido pelo homem ao andar.
O movimento tridimensional gerado pelo cavalo gera impulsos que acionam o sistema nervoso, que os registra como estímulos sensório-motores e fazendo com que este produza respostas corporais biomecânicas bem como no âmbito da tonicidade e do equilíbrio. Estas respostas do sistema nervoso visam adaptar o cavaleiro ao andar do cavalo, dando continuidade aeste movimento (PIEROBON, 2008).
Denomina-se equoterapia às praticas que se utilizam desta interação com o cavalo, seja na forma de exercícios corporais no âmbito motor, de atividades lúdicas, atividades de vida diárias ou de simples cavalgar o animal, focando os estímulos gerados por esta para promover avanços cognitivos, posturais, de equilíbrio, respiração, organização espaço-temporal,autoconfiança e auto-imagem.


Oficialmente segundo a Associação Brasileira de Equoterapia:
“a equoterapia é um método terapêutico e educacional que utiliza o cavalo dentro de uma abordagem interdisciplinar, nas áreas de saúde, educação e equitação, buscando o desenvolvimento biopsicossocial de pessoas portadoras de deficiência e/ou de necessidades especiais” (ANDE, 1999 apud LERMONTOV, 2004)....
tracking img