Equipamentos de uan

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1124 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
NUTRIÇÃO NAS HEPATOPATIAS
O fígado exerce papel central na manipulação e na metabolização dos nutrientes 1. As   principais funções envolvem a formação da bile, a glicogênese e a glicogenólise, a gliconeogênese, a síntese de uréia, o metabolismo do colesterol, o armazenamento de ferro, as vitaminas lipossolúveis e B12, a síntese de proteínas plasmáticas e o processador de  enobióticos 2.Diante da heterogenicidade funcional do fígado, o dano hepatocelular pode comprometer a estrutura hepática, a capacidade funcional dos hepatócitos e a circulação portal, com instalação de quadro clínico característico e Desnutrição Energético-Proteica (DEP) nos casos mais avançados de doenças hepáticas crônicas 2.
O termo Doença Hepática Crônica (DHC) compreende a hepatite, a cirrose e ainsuficiência hepática 2. Dentre as várias doenças infectocontagiosas, as hepatites virais são reconhecidas como um grave problema de saúde pública, atingindo milhares de indivíduos, especialmente em países pouco desenvolvidos. Atualmente, há pelo menos cinco vírus identificados como os principais causadores da hepatite: vírus A (HAV), vírus B (VHB), vírus C (VHC), vírus D (HDV ou Delta) e vírus E (HEV) 3. NoQuadro 1 são observadas as principais características dos diversos tipos de hepatites.

Complicações

A cirrose hepática é o estágio terminal da doença hepática crônica e é acompanhada de alterações macro e microscópicas, com lesão hepatocelular e necrose dos hepatócitos, colapso da reticulina e fibrose resultante do processo cicatricial de regeneração nodular. O estágio inicial da cirrosepode ser assintomático e, com o desenvolvimento das complicações, resulta em insuficiência hepática e hipertensão portal. A insuficiência hepática causa icterícia, encefalopatia hepática, ascite, baixa albumina sérica, alargamento do tempo de protrombina não corrigido por vitamina K, insuficiência renal e infecções. A hipertensão portal, síndrome caracterizada por aumento dos níveis pressóricos dosistema porta hepático,  acarreta em desvio do sangue portalpara fora do fígado e é representada por esplenomegalia, circulação colateral e varizes esofágicas 7.

A sobrevida do paciente cirrótico apresentando complicações é de um a cinco anos. No entanto, se houver complicações graves como a Peritonite Bacteriana Espontânea (PBE) e ascite refratária, a sobrevida diminui para cerca de um ano. Aavaliação da gravidade da doença hepática é realizada através do sistema de escore de Child-Pugh, conforme se observa no Quadro 2 8, 9.

A encefalopatia hepática, síndrome clínica que se desenvolve na hepatopatia avançada, ocorre a partir da ruptura da barreira hematoencefálica por meio da ação de substâncias tóxicas presentes no sangue. A falha do fígado impede a desintoxicação da amônia emuréia, sendo a amônia uma toxina cerebral direta. Existem quatro estágios de progressão da encefalopatia, sendo:
I. Transtorno de sono, falta de atenção, confusão leve, irritabilidade;
II. Desorientação, comportamento impróprio, letargia, tontura;
III. Sonolência, agressividade, confusão, fala incompreensível;
IV. Coma 9.

Avaliação nutricional

A doença hepática aguda raramente está associada aalterações significativas do estado nutricional. No entanto, nos pacientes com doença hepática crônica, encontra-se freqüentemente a Desnutrição Energético-Protéica (DEP).

A prevalência e a gravidade estão relacionadas diretamente ao estágio clínico da doença hepática 11.

A DEP está presente em cerca de 20% dos pacientes com doença hepática compensada e acima de 60% nos indivíduos comdoença hepática descompensada. Em pacientes submetidos a transplante hepático a DEP pode estar presente em 100% dos casos, sendo a desnutrição um importante fator de risco para a morbi-mortalidade após a cirurgia 2.

A avaliação do estado nutricional nos portadores de hepatopatia grave é complexa e controversa. Os parâmetros utilizados como peso, circunferências, pregas cutâneas e albumina...
tracking img