Equílibrio em solução

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1508 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS
INSTITUTO DE QUÍMICA
CURSO: QUIMICA – LICENCIATURA
TURNO: NOTURNO – 7º PERÍODO
ALUNO: GIL KENEDY
MATRÍCULA: 090972
DISCIPLINA: FÍSICO-QUÍMICA EXPERIMENTAL II
PROFESSOR: EMÍLIA CELMA DE OLIVEIRA LIMA
TÉCNICO: RICARDO JUSTINO

EQUILÍBRIO EM SOLUÇÃO



Goiânia, 10 de Abril de 2012.RESULTADOS E DISCUSSÃO

Preparou-se 07 (sete) soluções, entituladas de A a G, onde usou-se solução aquosa 3,0 mol.L-1 de HCℓ como catalisador. Titulou-se a solução A, com NaOH 0,973 mol.L-1, afim de determinar a massa de HCℓ e de água presente na solução do catalisador, conforme os cálculos a seguir, e o dados obtidos encontram-se na tabela 01, onde se encontra também as massas dos reagentes e/ouprodutos da hidrólise do acetato de etila.

HCℓ(aq) + NaOH(aq) → NaCℓ(aq) + H2O(ℓ)

nÁcido = nbase mÁcidoMÁcido = μBase.VBase

mÁcido36,5 g/mol = 0,973molL.0,0029L mÁcido = 0,1030 g

Utilizou-se o mesmo valor de massa de ácido para as demais soluções,visto que em cada solução as massas de HCℓ são aproximadamente iguais, porém essa aproximação gerou alguns erros nos cálculos das constantes de equilíbrio.

Tabela 01 – Massas iniciais dos reagentes, produtos e catalisador ácido.

Solução | Massas Iniciais / g |
| Solução HCℓ | HCℓ | Ac. de Etila | Água inicial | Água do ácido | Água Total | Ác. Acético | Etanol |
A | 5,2240 | 0,1030 | ---- | 4,9100 | 5,1210 | 10,0310 | ---- | ---- |
B | 5,0210 | 0,1030 | 4,3910 | ---- | 4,9180 | 4,9180 | ---- | ---- |
C | 5,1970 | 0,1030 | 4,4420 | 1,1270 | 5,0940 | 6,2210 | ---- | ---- |
D | 5,2670 | 0,1030 | 2,2106 | 3,0680 | 5,1640 | 8,2320 | ---- | ---- |
E | 5,2650 | 0,1030 | 3,5790 | ---- | 5,1620 | 5,1620 | ---- | 0,7930 |
F | 5,2700 | 0,1030 | 3,6140 | ---- | 5,1670 | 5,1670 |1,0110 | ---- |
G | 5,2650 | 0,1030 | ----  | ---- | 5,1620 | 5,1620 | 1,1430 | 3,1230 |
As massas da tabela 01 foram divididas pelas massas molares de cada substância, obtendo-se a quantidade de matéria, a qual encontra-se na na tabela 02.

Tabela 02 – Quantidade de matéria das solução preparadas.

Solução | Quantidade de matéria Inicial / mol |
| HCℓ | Ac. de Etila | Água | Ác.Acético | Etanol |
A | 0,0028 | ----  | 0,5573 | ---- | ---- |
B | 0,0028 | 0,0499 | 0,2732 | ---- | ---- |
C | 0,0028 | 0,0505 | 0,3456 | ---- | ---- |
D | 0,0028 | 0,0251 | 0,4573 | ---- | ---- |
E | 0,0028 | 0,0407 | 0,2868 | ---- | 0,0172 |
F | 0,0028 | 0,0411 | 0,2871 | 0,0168 | ---- |
G | 0,0028 |  ---- | 0,2868 | 0,0191 | 0,0679 |
As soluções preparadas e deixadas em repouso por 07(sete) dias para atingir o equilíbrio foram tituladas em duplicatas na temperatura de 28,5ºC, obtendo-se os seguintes resultados:

Tabela 03 – Volumes de NaOH consumidos na titulação das soluções de A a G

Solução | Volume de NaOH(aq) |
| Gil | Elias |
A | 2,9 mL | 2,8 mL |
B | 8,9 mL | 8,9 mL |
C | 9,3 mL | 9,4 mL |
D | 5,4 mL | 5,5 mL |
E | 7,3 mL | 7,3 mL |
F | 10,8 mL |10,8 mL |
G | 3,7 mL | 3,8 mL |

Através dos volumes de bases consumidos na titulação das soluções de B a F, determinou-se o número de mols de ácido presente no equilíbrio; Subtraíndo o número de mols do ácido obtido na titulação pelo ácido do catalisador, obtem-se o número de mols de ácido acético em equilíbrio conforme a tabela 04.

Tabela 04 – Número de mols de ácido acético emequiíbrio.

Solução | V base / L | [NaOH] mol/L | n(Ácido) | n(Ácido) | n (Ácido |
| | | em 2 mL | em 10 mL | Acético) |
B | 0,0089 | 0,9730 | 0,0087 | 0,0433 | 0,0405 |
C | 0,0093 | 0,9730 | 0,0090 | 0,0452 | 0,0424 |
D | 0,0054 | 0,9730 | 0,0053 | 0,0263 | 0,0235 |
E | 0,0072 | 0,9730 | 0,0070 | 0,0350 | 0,0322 |
F | 0,0108 | 0,9730 | 0,0105 | 0,0525 | 0,0497 |
G | 0,0037 |...
tracking img