Epidemiologia ambiental

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2955 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA AMBIENTAL

Arlindo Philippi Jr. Américo Colli Pelicioni Maria Cecília Focesi Pelicioni Maria Cristina Haddad Martins Maria da Glória Zenha Wieliczka Maximiliano Noviello Peregrina Neide Yumie Takaoka Suzete Contrera de Moura Pedro Zilwara da Penha Gerab

Av. Paulista nº. 2.073 - Conj. Nacional - Piso Superior - CEP: 01311.940 São Paulo/SP - Brasil Fax: 251-0976E-mail: tatim@usp.br

Palavras chaves: Saúde, Ambiente, Vigilância Epidemiológica Ambiental.

1

VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA AMBIENTAL

Nos grandes centros urbanos, os principais problemas ambientais têm grandes impactos sobre a saúde e a qualidade de vida de seus moradores, estando cada vez mais presente, em seu cotidiano, a relação entre meio ambiente e saúde. Por esse motivo, esses problemasambientais devem ser objeto de atuação do poder público e da sociedade de modo geral. Segundo Corvalán e Kjellström (1996) “a exposição humana a poluentes no ar, água, solo e alimentos - seja em episódios de alto nível, a curto prazo, ou exposições de baixo nível, a longo prazo - é um grande contribuinte para a mortalidade e a morbidade crescentes”. Esse problema se agrava, na medida em que aspopulações vão se expandindo, particularmente em centros urbanos. A cidade de São Paulo teve um processo de urbanização e industrialização acelerado e desordenado, que, conjugado a fatores sócio-geográficos, criou condições para a geração de graves problemas ambientais, tais como o comprometimento das águas pelo esgoto doméstico e industrial, desmatamento, ocupação irregular de áreas de proteção demananciais, poluição do ar, principalmente de origem industrial e por veículos automotores (Sobral, 1996). A população aumentou de 2 milhões nos anos 50, para aproximadamente 10 milhões nos anos 90. A relação veículo/habitante saltou de valores próximos a 5%, nos anos 50, para aproximadamente 40%, na metade dos anos 90 (Saldiva, 1997). Apesar disso, não se têm desenvolvido, de modo adequado,políticas públicas de caráter preventivo, tais como controles efetivos de contaminação do ar, da água e do uso do solo, que possam amenizar os problemas decorrentes do binômio saúde e meio ambiente. Concorre para a necessidade de desenvolvimento dessas ações, as recomendações e proposições da Agenda 21, do Plano Nacional de Saúde e Ambiente no Desenvolvimento Sustentável, da Lei Orgânica do Município eda Agenda 21 Local. A promoção da saúde está presente em praticamente todos os capítulos da Agenda 21 Global, principal no documento resultante da Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento (CNUMAD). Todavia, o tema é especialmente desenvolvido no Capítulo 6, onde é discutida a proteção e a promoção da saúde humana (CNUMAD, 1997). Além do atendimento primário à saúde, aAgenda 21 Global define uma série de áreasprograma, incluindo uma voltada à redução dos riscos para a saúde, resultantes da poluição e dos perigos ambientais. Os programas de ações, recomendados para reduzir os riscos decorrentes da poluição, incluem o desenvolvimento de tecnologia apropriada para o controle, fundamentada em pesquisas epidemiológicas e avaliação de risco.

2

Como conseqüênciada CNUMAD, foi organizada a Conferência Pan-Americana sobre Saúde e Ambiente no Desenvolvimento Sustentável (COPASAD). A contribuição brasileira à COPASAD foi a elaboração do Plano Nacional de Saúde e Ambiente no Desenvolvimento Sustentável que contempla um conjunto de políticas e estratégias sobre saúde e ambiente no contexto de desenvolvimento sustentável. Além de outros aspectos relacionados aotema, a Seção III, trata dos “setores diretamente envolvidos em saúde e ambiente” Nas suas “bases para a ação” destaca-se a necessidade de estabelecer parâmetros complementares voltados à avaliação sanitária e ambiental; pelo fato de que os sistemas de informações de saúde não têm sido sensíveis o suficiente, para detectar a ocorrência de certos agravos à saúde, provocados por fatores de...
tracking img