Eojrg uwoe

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 21 (5105 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
PORTUGUÊS
O texto a seguir refere-se às questões 1, 2, 3 e 4.
Promotor vai denunciar Marcola pelo assassinato de bombeiro. Condenado a 39 anos de prisão, o líder do Primeiro Comando da Capital (PCC) Marcos Camacho, o Marcola, poderá ter a pena aumentada em mais 30. O promotor Marcelo Milani resolveu incluílo entre os sete acusados do assassinato do bombeiro Alberto Costa, de 41 anos. Costa foimorto quando tentava alertar seus colegas do 2º Grupamento do Corpo de Bombeiros (GB) sobre o início dos ataques do PCC, na madrugada de 13 de maio. O crime aconteceu na frente do quartel do 2º GB, nos Campos Elísios, centro. O segundo homem na hierarquia do PCC, Júlio César Guedes de Moraes, o Julinho Carambola, também será denunciado como mandante do crime. A acusação contra os dois chefes doPCC será a de homicídio qualificado, porque houve emboscada e o motivo foi torpe. O promotor deve divulgar hoje mais detalhes da denúncia, que será apresentada ao 1º Tribunal do Júri.
(O Estado de S. Paulo, 14/06/06, p. C4.)

4.

Assinale a alternativa correta. No texto: (A) O promotor Marcelo Milani acusa Marcos Camacho e Júlio César Guedes de Moraes de assassinato e de liderarem o PCC. (B) Opromotor Marcelo Milani acusa Marcos Camacho de assassinato e de liderar o PCC, e Júlio César Guedes de Moraes de assassinato. O promotor Marcelo Milani acusa Marcos Camacho de e Júlio César Guedes de Moraes de liderem o PCC. O promotor Marcelo Milani acusa Marcos Camacho de liderar o PCC, e Júlio César Guedes de Moraes de assassinato. O promotor Marcelo Milani acusa Marcos Camacho de e JúlioCésar Guedes de Moraes de assassinato.

(C)

(D)

(E)

O texto a seguir refere-se às questões 5, 6, 7 e 8. “O encontro do europeu, ao sair da zona temperada, com a exuberância de natureza tão nuançada de forca e graça, foi certamente a culminância da sua aventura. Colombo, no seu diário, em 21 de outubro, registra a impressão de deslumbramento diante do esplendor tropical, do cantar dospássaros, dos bandos de papagaios, "que escureciam o sol", das árvores de mil espécies, dos frutos desconhecidos. Pero Vaz foi, para nós, o cronista do maravilhoso achado. No Brasil, a mata cobria as terras moles da bacia amazônica, e a partir da barra do São Francisco, depois das dunas e mangues do Nordeste, seguia o litoral até muito além do Capricórnio para terminar nas praias baixas do Rio Grande.Oferecia um obstáculo formidável para quem a queria penetrar e atravessar, como que exprimindo a opressiva tirania da natureza a que dificilmente se foge no envolvimento flexível e resistente das lianas. Compacta, sombria, silenciosa, monótona na umidade pesada, abafa, sufoca e asfixia o invasor que se perde no claro-escuro esverdeado de suas profundezas. Stanley, no sertão da África Central, jánotara na floresta tropical a enormidade, a falta de proporção em relação visível com a humanidade, que caracteriza essas solidões misteriosamente habitadas. Na zona equatorial do Brasil o clima constantemente úmido e quente desenvolve uma força e violência de vegetação incomparável. E a Hiléia amazônica, cobrindo de arvoredo a maior extensão de terras do universo, mais de 3 milhões de quilômetrosquadrados. Nela, os sentidos imperfeitos do homem mal podem apanhar e fixar a desordem de galhos, folhagens, frutos e flores, que o envolve e submerge. Da confusão sobressaem os troncos da seringueira, da sapucaia, do pau-d'arco, da maçaranduba — a árvore do leite —, do bacuri, pelos quais às vezes sobe o caule flexível da jacitara, palmeira enrediça, à procura da claridade do céu. A vegetaçãoeleva-se por andares, atingindo 40 a 60 metros de altura, enlaçando-se aos troncos os cipós e parasitas, em luta pela vida, como num espaço demasiadamente povoado. Pela costa do Atlântico a mata, aproveitando o acidentado do solo e a umidade condensadora dos ventos gerais de sueste, excede em beleza e pujança a própria floresta equatorial. E o mesmo emaranhado hostil de lianas, trepadeiras e...
tracking img