Enxaqueca

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 21 (5008 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
ENXAQUECA UMA SÍNDROME NEUROLÓGICA QUE AFETA GRANDE PARTE DA POPULAÇÃO MUNDIAL.
MIGRAINE A NEUROLOGICAL SYNDROME THAT AFFECTS BIG PART OF WORLD POPULATION.


Farmacêutica Bioquímica Nency Zaurisio de Souza Mestre em Odontologia área de concentração Saúde Coletiva

Autor Responsável: S.Z.Nency. E-mail: nency.farma@hotmail.com
RESUMO
A enxaqueca, não se trata de apenas um tipo de cefaléia,mas uma síndrome neurológica conhecida desde os primórdios da humanidade, afetando grande parte da população mundial. É uma condição clínica configurada por vários graus de dores internas na cabeça, por vezes uma dor no pescoço ou na zona cervical pode também ser interpretada como enxaqueca. Trata-se da pressão exercida por vasos sanguíneos dilatados no tecido nervoso cerebral subjacente.Caracterizada pela presença de dores de cabeça recorrentes, unilaterais ou bilaterais, geralmente de caráter pulsátil, com intensidade de moderada a intensa, precedidas ou não por sinais neurológicos focais denominados de aura. Usualmente são acompanhados de náuseas, vômitos, fotofobia, e também pode ser observada nas crianças, nas quais pode se manifestar associada a dores abdominais recorrentes,vômitos cíclicos, tonturas e dores nas pernas.
Muitas pessoas têm enxaquecas, cerca de 11 em 100, e tendem a aparecer pela primeira vez entre os 10 e os 46 anos. Ocasionalmente, as enxaquecas podem acontecer mais tarde em uma pessoa sem histórico dessas dores.
OBJETIVO

Esse artigo trata-se da doença enxaqueca e demonstra os tipos, causas, sintomas, diagnósticos, exames, tratamentos, complicações eprevenções mais indicados para o cuidado da mesma.

METODOLOGIA
A presente pesquisa foi sustentada através de revisão sistemática de literatura, com a utilização das bases de dado eletrônicas e literárias: LILACS, SciELO e PubMed.
RESULTADOS
De um total de 18 artigos encontrados, 13 preencheram os critérios de inclusão e exclusão, sendo que 05 artigos se concentraram em demonstrar as causas,diagnósticos e tratamentos da doença.
CONCLUSÃO
Pode-se concluir com esse artigo, que a enxaqueca é uma doença multifatorial, desenvolvida por diversos fatores como, fatores genéticos, ambientais (stress, poluição, barulho, mudanças climáticas, odores), dietéticos (glutamato monossódico (Ajinomoto), nitratos (presente em salsichas, salames), aspartame, cafeína (café, chá, Coca-Cola), álcool(vinho tinto) e jejum; hormonais (ovulação, menstruação, pílula anticoncepcional) e irregularidade dos padrões de sono são implicados como mecanismos causadores da enxaqueca. As cefaléias são freqüentemente hereditárias e mais comuns em mulheres e é recomendado procurar um médico neurologista para obter um diagnóstico correto dessa doença.
As cefaléias podem ser primárias ou secundárias, primáriascomo a enxaqueca, a cefaléia do tipo tensional, a cefaléia em salvas, tem características próprias e a recorrência da dor é a principal manifestação da doença, secundárias são dores de cabeça como sintoma de outras doenças como infecções (sinusites, meningites), traumas, tumores cerebrais, aneurismas, alterações metabólicas e hormonais.
O tratamento da enxaqueca leva em consideração ascaracterísticas da dor e a freqüência das crises. O objetivo é suprimir os sintomas e evitar a incidência de novos eventos. Nos episódios agudos, os analgésicos comuns, eventualmente associados a outras drogas, podem representar uma solução eficaz contra a dor, especialmente se tomados assim que surgirem os primeiros sintomas.
A maioria dos neurologistas possui treinamento adequado para bem cuidar dosportadores de enxaqueca, e vários clínicos gerais também. Os serviços ou departamentos de neurologia freqüentemente possuem sectores especializados em cefaléia, basta o paciente que sinta alguns dos sintomas descritos no texto procurar esse especialistas para diagnosticar e tratar essa doença.
PALAVRAS-CHAVE
Enxaqueca; Cefaléia; Tratamento; Medicamentos.


ABSTRACT

A migraine is not just one...
tracking img