Entrevista a um adolescente

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1387 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de dezembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução

Nosso trabalho foi baseado na observação de uma sala de aula, com alunos da 8 serie do ensino fundamental e de faixa etária de 12 a 14 anos. A visita foi feita no período da tarde, das 13:00 as 17:00 horas na Escola E. F. Dep. Manuel Rodrigues que se localiza na cidade de Meruoca. Escola essa que aparentemente se encontrava muito limpa e organizada.O alvo de observação foi em destaque os conflitos entre alunos e professores, como um se comporta em relação às atitudes do outro. È muito comum ouvir que a fase da adolescência é invariavelmente incontrolável, aborrecida e cheia de guerras, então resolvemos focar mais nesse comportamento rebelde desses jovens, e principalmente se os professores tem capacitação para manter o controle dasala de aula, já que esses alunos são jovens que precisam de um pouco mais de atenção e compreensão devido a fase cheia de conflitos que vivenciam.
Então, depois de termos feito uma analise detalhada de tudo isso, vamos destacar os aspectos físicos da escola e em especial o estado da sala que estamos fazendo a pesquisa, e mais adiante vamos fazer uma mesclagem sobre a observação docomportamento e sobre o tópico da psicologia do adolescente ( a delinqüência juvenil), analisando teoria e pratica.

Universidade Estadual Vale do Acaraú
Disciplina: Psicologia da Educação
Curso: Física

Ana kécia Marques de Paiva
Daniel Santana

Psicologia do adolescente:
Uma abordagem desenvolvimentista
Capitulo 10: A delinqüência juvenil

Sobral-ce
2011
Relato da observaçãoO estabelecimento de ensino que escolhemos para nossa pesquisa foi a Escola E. F. Dep. Manuel Rodrigues que se localiza na cidade de Meruoca, e nosso instrumento principal de observação foi a sala da 8 serie do ensino fundamental no turno da tarde.
Logo ao chegarmos vimos que o transporte escolar que transportava os alunos até a escola não oferecia nenhumasegurança aos alunos que eram na maioria crianças. Os transportes eram carros como saveiro e D20.
Depois de falarmos com a diretora e pediremos permissão para fazer nossa pesquisa, fomos conhecer o estabelecimento de ensino. Havia cinco salas de aula, todas limpas e organizadas. Entramos também na cantina e deu pra ver que as funcionárias tinham muito cuidado e higiene aopreparar o lanche dos alunos.
O que também chamou muita atenção foi ver que na diretoria havia apenas um computador, o único que tinha na escola e que segundo a diretora, apesar de ser um só, estava disponível para todos os alunos nos trabalhos de pesquisa. Então perguntamos a uma aluna se ela utilizava sempre o computador da escola, então ela respondeu que não, pois sempre queprecisava estava ocupado pela diretora ou pelos professores.
Antes de ser dado o sinal para começar a aula entramos na sala e ficamos no canto para que nossa presença não incomodasse os alunos. Escolhemos a 8 seria do ensino fundamental, onde segundo a diretora a idade dos alunos presentes nessa sala variavam entre 12 a 14 anos. Ficamos presentes durante quatro aulas, duas dematemática e duas de historia, com dois professores, um para cada disciplina.
A sala estava limpa, mas as paredes estavam muito riscadas e havia muitos cartazes feitos com muita criatividade. O quadro- negro era dividido em duas partes, uma parte para giz e outra para pincel. As cadeiras estavam organizadas em circulo, mas também tinha muitas cadeiras quebradas separadas em um canto dasala. Apesar de o clima predominante ser frio por ser serra, a sala estava um pouco quente, mas não tinha ventiladores. A iluminação também não ajudava, eram quatro lâmpadas, mas só duas funcionavam. Todos os alunos se vestiam adequadamente com a farda da escola.
A primeira aula foi de matemática, comandada por uma professora, os alunos demonstraram gostar dela e ela ser muito...
tracking img