Entrevista com empreendedor

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2054 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Federal do Piauí – UFPI
Campus Ministro Petrônio Portela
Centro de Ciências Humanas e Letras – CCHL
Departamento de Ciências Contábeis e Administrativas – DCCA
Curso de Administração - Disciplina: Empreendedorismo


ESTUDO DE CASO: ENTREVISTA COM EMPREENDEDOR

Alunos:
Pedro Vítor Pereira Peres
Nelson José de Sousa Oliveira

Teresina, fevereiro de 2013

O Presentetrabalho foi realizado em uma empresa especializada em tatuagens, piercings e vendas de roupas e acessórios em geral, voltados para um público jovem e atual, localizada no Centro comercial de Teresina. Atua a mais de 11 anos no mercado se destacando por ter uma cultura organizacional bem flexível, onde os funcionários usam roupas bem características e não estão subordinados a padrões de empresascomuns, como o estilo de suas vestes, forma de comunicação com os clientes e área de atuação no mercado. Ninguém na família do fundador do negócio era empreendedor, porém, como a maioria dos empreendedores no Brasil, teve iniciativa e se especializou em uma área especifica, contanto com muita força de vontade e encorajamento familiar conseguiu montar sua empresa e “colhe bons frutos” nos dias atuais.Tudo começou em 2001 quando o proprietário da empresa resolveu, com incentivos financeiros de sua irmã, se formalizar e atuar de forma profissional no mercado teresinense. Ele residia em Fortaleza fazendo tatuagens e aplicação de piercings na praia, se inspirou em uma loja da capital cearense que atuava nesse segmento e no referido período se instalou em Teresina onde montou seu próprio negócio. Noinício sua proposta se apresentava inovadora pois nenhuma empresa teresinense atuava nesse segmento, sendo uma vantagem competitiva em relação a pessoas que eram familiarizadas com a área e que pudesse ser possíveis concorrentes, porém contava com uma grande dificuldade, o preconceito que a sociedade tinha em relação a pessoas que usavam tatuagens ou objetos e acessórios afins, como piercings,homens usando brinco e etc.
O empreendedor em questão concluiu apenas o ensino médio, chegou a cursar Gestão Empresarial em uma faculdade, mas trancou o curso e não chegou a concluí-lo. Como citado anteriormente sua intenção de montar um negócio começava a se materializar com incentivos financeiros de sua irmã, que forneceu uma quantia para que pudesse dar início as suas atividades e principalmentepor incentivos não financeiros mais motivacionais, por parte de sua esposa, que se tornou o principal motivo para o sucesso profissional que conseguiu atualmente. Com o aluguel de um pequeno ponto comercial no Centro de Teresina seu negócio começava a ganhar clientes, e logo surgiu a necessidade de contratar pessoas para ajudá-lo e aumentar o seu local de trabalho. Encontrou outra grandedificuldade além do preconceito, não tinha conhecimentos técnicos para dar continuidade a empresa e muito menos um plano de negócio, para aplicar de fora mais responsável seus recursos incluindo controlar bem os gastos e investimentos que viesse a fazer.
Uma característica de profissionais que trabalham no ramo de tatuagens é o aprendizado apenas na prática com pessoas mais experientes, que os ensinam edão dicas e incentivos a acreditar na possibilidade de ganhar dinheiro com esse tipo de negócio. A intuição é uma característica muito importante não só nessa área de atuação, mas como nas demais áreas quando se pretende investir seriamente eu uma idéia. Não foi diferente no caso em questão, o gestor através de sua intuição e força de vontade conseguiu trabalhar de modo formalizado.
Dentre ospontos fortes do negócio podemos destacar que público alvo tem crescido muito, cada vez mais adeptos a tatuagens e afins surgem e o preconceito está cada vez mais sendo minimizado. Outra qualidade pode ser a iniciativa que o gestor teve para dar o pontapé inicial na sua vida profissional. Dentre os pontos fracos pode-se destacar a não especialização dos funcionários em cursos reconhecidos por...
tracking img