Entre nativos e imigrantes

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1039 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Segundo Linard (1996, p.191, apud Belloni, 2003, p. 54), a tecnologia
é um “conjunto de discursos, práticas, valores e efeitos sociais ligados a uma
técnica particular num campo particular.”
Desta forma, a Educação sempre foi apoiada por tecnologias, onde
podemos considerar que o giz, quadro negro e outros materiais utilizados na sala
de aula, também podem ser chamados de tecnologias(BELLONI, 2003).
É claro que não temos somente estas tecnologias. Agora estamos num
processo onde as tecnologias como computadores são os mais comuns. Também
temos tecnologias como rádio, TV e podemos considerar como as mais recentes:
videoconferência e teleconferência.
Entretanto, vale ressaltar que é preciso, antes de mais nada, saber como
utilizar estas tecnologias “novas ou velhas” naeducação e não apenas jogá-las,
como afirma Kenski (2007, p. 46):
não há dúvidas de que as novas tecnologias de comunicação
e informação trouxeram mudanças consideráveis e positivas
para a educação. Vídeos, programas educativos na televisão
e no computador, sites educacionais, softwares diferenciados
transformam a realidade da aula tradicional, dinamizam o espaço
deensino-aprendizagem, onde, anteriormente, predominava
a lousa, o giz, o livro e a voz do professor. Para que as TICs
possam trazer alterações no processo educativo, no entanto, elas
precisam ser compreendidas e incorporadas pedagogicamente.
Isso signifi ca que é preciso respeitar as especifi cidades do
ensino e da própria tecnologia para poder garantir que o seu
uso, realmente, faça diferença. Não bastausar a televisão ou
o computador, é preciso saber usar a forma pedagogicamente
correta a tecnologia escolhida.
Apreender a manusear cada uma das tecnologias, sejam elas novas ou
velhas, é de extrema importância no processo de aprendizagem, principalmente na
modalidade EAD, pois são ferramentas que auxiliam diretamente nesse processo
de ensino.
Seção 2 – Geração das TICs
Belloni (2003),coloca que temos três gerações de EAD e estamos, é
claro, utilizando, na última geração, as tecnologias educacionais, de informação
e de comunicação, desde os anos 1990. A primeira geração se apresentou no final
do século XIX e refere-se ao ensino por correspondência. Já a segunda, pode ser
considerada a partir dos anos 1960 e integra ao material impresso os meios de
comunicaçãoaudiovisual (antena ou cassete) e alguns computadores. Em nossa
terceira geração, a última, apresentam-se as NTICs – Novas Tecnologias de
26Tecnologia da Informação e da Comunicação - Solange Tieko Sakaguti - UNIGRAN
Informação e Comunicação. Apresentam-se desta forma nesta geração os DVDs,
CD-ROMs, e-mails, chats, fóruns, sites entre outros. Estas tecnologias ajudam na
interação que professor ealuno necessitam na modalidade de EAD.
É claro que haverá a necessidade de variar estratégias tanto para motivar
o aluno como para as devolutivas das atividades, pois nem todos aprendem no
mesmo ritmo e modo. Masetto (2000, p. 144) diz que a tecnologia “somente
terá importância se for adequada para facilitar o alcance dos objetivos e se for
eficiente para tanto.”
Belloni (2003, p. 59)afirma que:
as NTICs oferecem possibilidades inéditas de interação
mediatizada (professor/aluno; estudante/estudante) e de
interatividade com materiais de boa qualidade e grande
variedade. As técnicas de interação mediatizada criadas
pelas redes telemáticas (e-mail, lista e grupos de discussão,
webs, sites etc.) apresentam grandes vantagens pois permitem
combinar a fl exibilidade dainteração humana (com relação
à fi xidez dos programas informáticos, por mais interativos que
sejam) com a independência no tempo e no espaço, sem por
isso perder a velocidade.
As tecnologias mais utilizadas (livro, vídeo e TV), ampliam o espaço
da sala de aula, porém precisam de planejamento adequado. De nada adianta a
apresentação de um filme se não tiver um trabalho voltado para a parte...
tracking img