Entidades do primeiro setor e os tipos de informações contábeis

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1295 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
As entidades do primeiro setor, nos que diz respeito à contabilidade geral, têm em sua estrutura e organização, as transações e eventos econômicos precedentes que acontecem a cada instante na econômica.
O primeiro setor que tem a sua organização pelo Estado pode ocorrer através da administração direta ou indireta. Ela envolve o governo, seja federal, estadual ou municipal. Tem como finalidade éobter recursos de maneira compulsória, por meio dos tributos, e aplicá-los visando à distribuição de renda, a estabilidade da economia ou mesmo prover algum bem ou serviço para a população.

A escolha da forma de atuação do Estado irá depender de uma série de fatores, como:
 O setor onde vai ser a sua atuação;
 A necessidade, ou não, de flexibilidade na ação;
 A permissão das leis doPaís; e
 Interesses políticos, entre outros.

Informações contábeis são feias para serem ferramentas para tomada de decisão para as várias partes interessadas. Assim uma ampla divulgação de informações para várias partes (interna e externa) em uma organização é essencial.
No primeiro setor (o público), que são os fornecedores de fundos, tem todo o direito de ter acesso a informações contábeis, afim de verificar se o seu dinheiro é bem gasto pelo setor público. Os organismos públicos são totalmente responsáveis perante o público e deve ser transparente ao revelar as informações necessárias.
Nesse contexto, é função das demonstrações contábeis representarem de maneira fidedigna e oportuna as situações econômica, financeira e patrimonial da entidade que as divulga. No âmbito do setorpúblico ou primeiro setor, ganham relevância também os fatos ligados à administração orçamentária.
As demonstrações contábeis concebidas para divulgar os resultados gerais do exercício são o Balanço Orçamentário, o Balanço Financeiro, o Balanço Patrimonial e a Demonstração de Variações Patrimoniais, conforme estruturas dispostas na Lei 4.320/64, que estabelece por meio de decreto, normas gerais dedireito financeiro para elaboração e controle dos orçamentos e balanços da União, dos Estados, dos Municípios e do Distrito Federal. Sendo elas, recursos financeiros destinados a população, usualmente empregadas nos planejamentos e controle de operações.
Numa concepção mais abrangente, o sistema de divulgação contábil contempla ainda, conforme a Lei, outros demonstrativos e comparativoscomplementares destinados a demonstrar com detalhes as discriminações necessárias ao esclarecimento do conteúdo dos Balanços.
O Balanço Financeiro é o demonstrativo concebido para atender às peculiaridades da contabilidade da Administração Pública na demonstração do fluxo de disponibilidade financeira. Ele é um equivalente da Demonstração de Fluxos de Caixa (DFC) utilizada na contabilidade empresarial.A mediada que a elaboração da DFC admite os métodos diretos e indiretos de apuração do fluxo dos recursos, na Administração Pública infere-se pela leitura da Lei 234.320/64 que o fundamenta que o fluxo financeiro seja apresentado por recebimentos e pagamentos apurados no método direto.
De maneira breve, no método direto as entradas e saídas de caixa são apresentadas pelos seus valoresembolsados e desembolsados. No método indireto, admite-se em princípio que o lucro ou prejuízo apurado no exercício social represente a entrada ou saída de disponibilidade financeira, conforme o caso. A partir daí são feitos ajustes por meio da exclusão de valores que afetam o resultado do exercício, mas não o caixa, e por meio de adições que não repercutem no resultado do exercício, mas afetam o caixa.São consideradas ainda variações nos saldos das contas a receber e a pagar do período, que não estão na Demonstração do Resultado do Exercício, mas implicaram fluxo de recursos.
As regras para elaboração e estruturação do Balanço Financeiro do setor público são originadas do art. 103 e Anexas 13 da Lei 4.320/64. A ordem das normas gerais para divulgação dos fluxos financeiros que afetam as...
tracking img