Entendendo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1432 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ENTENDENDO A LÓGICA DA SITUAÇÃO: A BATALHA DO MAR DE BISMARCK


Em dezembro de 1942 o alto comando de guerra japonês decidiu transferir um maciço reforço da China e do Japão para Lae, em Papua-Nova Guiné. Isso permitiria aos japoneses se recuperarem da derrota de Guadacanal e se prepararem para a próxima ofensiva aliada. Contudo, a movimentação de um volume grande de tropas por mar tinhaum risco elevado: o poderio aéreo aliado na área era fortíssimo.
Mesmo assim os japoneses reuniram oito destróieres, oito transportadores de tropas e mais de cem aviões de escolta para a operação. A tropa japonesa partiu de Rabaul, também em Papua-Nova Guiné, em 28 de fevereiro de 1943, transportando em torno de 6.900 soldados para reforçar suas linhas de defesa em Lae, e navegando à velocidademáxima.
Um dado importante da situação era o fato de que o comboio japonês dispunha de duas rotas alternativas: a rota pelo sul, que apresentava tempo bom e boa visibilidade, e a rota pelo norte, que apresentava tempo ruim e baixa visibilidade. As forças aliadas, por outro lado, somente possuíam aviões de reconhecimento para pesquisar uma rota por vez, sendo que a busca em qualquer uma dasrotas consumia um dia inteiro.
Dessa forma, se as forças aliadas enviassem seus aviões de reconhecimento para a rota certa, poderiam começar o ataque em seguida. Porém, se mandassem os aviões para a rota errada, perderiam um dia de bombardeios. Todavia, se os japoneses tivessem escolhido a rota norte, mesmo que os aliados os localizassem logo no primeiro dia de buscas, o mau tempo permitiria apenasdois dias de bombardeio.
A melhor situação para a aviação aliada aconteceria se os aliados enviassem os aviões de reconhecimento para a rota sul e os japoneses tivessem escolhido essa rota. Nesse caso, seria possível atacar o comboio por três dias. A pior situação para os aliados seria se os japoneses tivessem ido pelo norte e os aviões de reconhecimento fossem enviados no primeiro dia para arota sul: os aliados perderiam um dia por iniciar a busca na rota errada e mais outro dia pelo mau tempo da rota norte, dispondo apenas de um dia para bombardear o comboio.
Caso os japoneses tivessem escolhido a rota norte e os aliados também mandassem seus aviões iniciarem a busca por essa rota, os aliados perderiam apenas um dia de bombardeio devido ao mau tempo, tendo dois dias a sua disposiçãopara atacar o comboio. Por último, se os japoneses escolhessem o sul e os aliados começassem sua busca pelo norte, perderiam um dia em função do engano e teriam dois dias de bombardeio efetivo à disposição.
Se você fosse do comando aéreo aliado, o que faria?
Em 1º de março o comboio japonês foi avistado por um bombardeio de patrulha B-24 Liberator. No primeiro dia de buscas os aliados tinhamenviado seus aviões de reconhecimento para a rota norte e encontraram os japoneses no primeiro dia. Após esse primeiro contato, bombardeios pesados norte-americanos foram enviados, mas não conseguiram localizar o comboio japonês, devido ao mau tempo.
No dia 2 de março houve novo contato visual com o comboio e vários B-17 Fortaleza Voadoras atacaram, afundando navios de suprimento e transporte.De 1.500 soldados que estavam sendo transportados em um dos navios, cerca de 700 morreram. Dois destróieres (o Yukikaza e o Asagumo) se anteciparam ao comboio para desembarcar os sobreviventes que conseguiram recolher em Lae, retornando mais tarde. Enquanto isso, ao entardecer durante a noite do dia 2, o comboio sofreu bombardeios esporádicos.
O dia 3 de março foi um dia de ataques incessantes.Inicialmente, às 10 horas da manhã, Fortalezas Voadoras bombardearam os navios japoneses a média altitude, forçando os navios do comboio a se dispersarem para reduzir os danos, o que atrasou a viagem. Em seguida, 13 Beaufigthers atiraram com seus quatro canhões de 20 milímetros e seis metralhadoras, danificando as armas antiaéreas dos navios japoneses, comprometendo os tombadilhos e provocando...
tracking img