Entendendo um sistema de ar comprimido

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3548 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Boas práticas em ar comprimido

ENTENDENDO O SISTEMA DE AR COMPRIMIDO

É

muito comum o ar comprimido ser visto, dentre as utilidades industriais, como a quarta utilidade. As outras são energia elétrica, gás e água. Nas três primeiras o controle do usuário sobre elas é relativo. Enquanto que, em relação ao ar comprimido, o usuário pode efetivamente possuir o controle total, desde o inícioem sua geração, passando pela distribuição, realizando o tratamento e definindo sua qualidade até a aplicação final. A atenção ao uso do ar comprimido deve ser muito mais criteriosa e controlada. Imagine que para produzir uma unidade de energia pneumática são necessárias, em média, oito de energia elétrica. Portanto, se o ar como matéria prima é abundante, como fonte

de energia é muito cara deser produzida. A energia elétrica no Brasil é uma das mais caras do mundo. Devemos usufruir toda sua potencialidade de aplicação, mas em contra partida devemos administrá-la de uma forma profissional e competente. Amadorismo, ausência de seriedade e desleixo não podem ocorrer em um tipo de energia que custa tão caro. Ainda mais nos dias de hoje que os recursos naturais devem ser cada vez maispreservados e a competição é cada vez mais acirrada. Sua geração é relativamente muito simples, mas enfatizando, é muito cara. É dever do profissional ligado a esta área se perguntar: • Como determinar o melhor sistema para as aplicações existentes dentro das indústrias?

• Como projetar um sistema que seja confiável, eficiente e com menor custo de produção? • Como montar um sistema que seja simples,fácil de usar, seguro, produtivo e que possa aproveitar todas as vantagens que o ar comprimido oferece? A resposta é muito fácil: Entendendo, avaliando resultados, agindo cuidadosamente e profissionalmente passo a passo. Fazer isso acontecer está em suas mãos. Você tem o poder de decidir pelo melhor. Podemos ajudá-lo a fazer isso acontecer. Sobre este assunto existe muito que pode ser estudado.Neste artigo, em particular, vamos abordar de uma forma compacta três estágios de um sistema de ar:

Estágio 01: Compressão Estágio 02: Distribuição Estágio 03: Tratamento Muitas empresas ao redor do mundo produzem uma enorme variedade de produtos e equipamentos pneumáticos, apresentando vários tipos de tecnologia, modelos e conceitos. Cada uma tem suas características e benefícios, associadosaos seus produtos. O conceito mundial sobre produção de ar comprimido, distribuição e tratamento é muito parecido em todos os lugares, seja um sistema que está sendo ampliado, melhorado ou sendo um projeto totalmente novo. Os parâmetros utilizados são praticamente os mesmos. O importante é planejar bem, de forma inteligente, prática e com o menor custo.
1

Boas práticas em ar comprimido
Sobre oprimeiro estágio, que é a compressão do ar, vamos entender um pouco as máquinas que realizam esse serviço: o Os compressores são as máquinas geradoras de ar comprimido. O início para o dimensionamento de um compressor é quando se define a quantidade de ar que precisa ser produzida e a pressão máxima que este ar deve ser comprimido atendendo a demanda e a pressão de trabalho exigida peloscomponentes do sistema. Portanto, devemos definir vazão e pressão. As necessidades da vazão e da pressão do ar comprimido a ser consumido determinarão quais serão a potência do motor e o volume de ar comprimido efetivo que deverá ser gerado pelo compressor. Será então definida a quantidade de ar comprimido e em qual pressão que o sistema será atendido. Na definição do tipo de compressor que seráutilizado, vários fatores são considerados. Normalmente, são especificados em função das exigências demandadas pelos processos, quais serão as ferramentas utilizadas e quais os equipamentos pneumáticos que serão aplicados. A melhor forma para iniciar o projeto de dimensionamento do compressor é listar em forma de tabela, a quantidade de ferramentas existentes, os equipamentos em uso e outras aplicações...
tracking img