Entendendo redes sociais no terceiro setor

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3450 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ENTENDENDO REDES SOCIAIS NO TERCEIRO SETOR

Resumo

Esse artigo mostra a importância das Redes Sociais no Terceiro Setor. Discute conceitos de Redes Sociais por vários autores, além de seus tipos e aspectos principais, propondo uma metodologia de trabalho com organizações do Terceiro Setor. Exemplifica os conceitos teóricos apresentados, através da Rede Social São Carlos, em atividades desde2006 e da Rede Social Itirapina, desde 2007.

Palavras Chaves: Rede Social, Terceiro Setor


UNDERSTANDING SOCIAL NETS IN THE THIRD SECTOR

Abstract

This article shows the importance of the Social Nets in the Third Sector. It discusses concepts of Social Nets for several authors, besides your types and main aspects, proposing a work methodology with organizations of the ThirdSector. It exemplifies the presented theoretical concepts, through the Social Net São Carlos, in activities since 2006 and of the Social Net Itirapina, since 2007.

Key Words: Social Net, Third Sector


_________________________________________________________________________
Eduardo Henrique Ferin da Cunha
Senac São Carlos
Mediador da Rede Social São Carlos e Itirapina
Rua Episcopal, 700-Centro – São Carlos/SP – CEP.: 13560-570
Tel: (16) 2107-1055 – eduardo.hfcunha@sp.senac.br
Tel.: (16) 3368-1796 – edumarketing@ig.com.br

INTRODUÇÃO

Esse artigo tem por objetivo estudar as Redes Sociais, como alternativa para as organizações no Terceiro Setor. Abordamos aspectos teóricos de Redes Sociais, e exemplos
reais, citando a Rede Social São Carlos e a Rede Social Itirapina. O TerceiroSetor tem um papel importante na sociedade moderna, visto que ele preenche um espaço governamental nos interesses públicos. Lester Salamon (2003) diz que “as organizações do Terceiro Setor podem desempenhar um papel de enorme importância na luta contra a exclusão e na promoção para a inclusão” e ainda define as maneiras de promover a inclusão: conscientização, empoderamento (empowerment), aberturado espaço público, “advocacy”, monitoramento, promovendo a inovação, mobilização de recursos, ajustes dos serviços às necessidades da comunidade, mediação e solução de conflitos, influência econômica. Dentro desse cenário, a Rede Social tem um papel fundamental, pois agrega as organizações em um espaço único de debate e projetos. Em um processo de Rede Social, as
organizações podem ampliar suabase de contatos, trocar e compartilhar experiências sobre
diversos aspectos como legislação, captação de recursos e projetos.

A Rede Social pode criar uma força política muito grande, pois sozinhas, as organizações pouco conseguem, mas mobilizadas em Rede, podem conseguir atingir vários objetivos e implementar várias ações de políticas públicas.











CONCEITO DE REDESSOCIAIS

A expressão Redes Sociais é hoje objeto de discussão em vários segmentos. Para o SENAC SP:
Rede Social é o sistema capaz de reunir e organizar pessoas e instituições de forma igualitária e democrática, a fim de construir novos compromissos em torno de interesses comuns e de fortalecer os atores sociais na defesa de suas causas, na implementação de seus projetos e na promoção de suascomunidades.

Francisco Whitaker (1993), fala de estruturação em rede e a tradicional estruturação piramidal e diz que “Uma estrutura em rede – que é uma alternativa à estrutura piramidal – corresponde também ao que seu próprio nome indica: seus integrantes se ligam horizontalmente a todos os demais, diretamente ou através dos que os cercam”. Se a estrutura em pirâmide é mais difundida nas organizaçõessociais – pelo menos em nossa cultura ocidental - as redes encontram seu apoio na observação das estruturas da natureza, em geral horizontais. Na biologia se constata, por exemplo, que as bactérias se multiplicam
em rede, e podem ter um poder destruidor fatal.

Nas últimas duas décadas, transformou-se em uma alternativa prática de organização, possibilitando processos capazes de responder...
tracking img