Ensino fundamental de 9 anos: o que dizem as professoras do 1º ano

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 39 (9551 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ

CATARINA DE SOUZA MORO

ENSINO FUNDAMENTAL DE 9 ANOS: O QUE DIZEM AS PROFESSORAS DO 1º ANO

CURITIBA 2009

CATARINA DE SOUZA MORO

ENSINO FUNDAMENTAL DE 9 ANOS: O QUE DIZEM AS PROFESSORAS DO 1º ANO

Tese apresentada como requisito parcial à obtenção do grau de Doutor em Educação pelo Programa de Pós-graduação em Educação, na Linha de Pesquisa Cognição,Aprendizagem e Desenvolvimento Humano, do Setor de Educação, da Universidade Federal do Paraná. Orientadora: Profa. Dra. Tânia Stoltz Co-orientadora: Profa. Dra. Maria de Fátima Quintal de Freitas

CURITIBA 2009

1

Catalogação na publicação Sirlei do Rocio Gdulla – CRB 9ª/985 Biblioteca de Ciências Humanas e Educação - UFPR

Moro, Catarina de Souza Ensino fundamental de 9 anos: o quedizem as professoras do 1º ano / Catarina de Souza Moro – Curitiba, 2009. 315 f. Orientadora: Profª. Drª. Tânia Stoltz Tese (Doutorado em Educação) – Setor de Educação, Universidade Federal do Paraná. 1. Ensino fundamental. 2. Educação - políticas públicas – avaliação. 3. Educação – avaliação – professores. I. Título. CDD 372.19 CDU 372.4

2

3

Aos meus avós, com os quais pude e possoconviver – Vô Fonso (in memoriam), Vó Catharina (in memoriam) e Vô Neco – aos meus pais – Tico (in memoriam) e Alice, que tiveram diante de si, o tempo todo, o desafio de trabalhar, de se transformar e de cuidar de outras vidas, incluindo a minha.

iv 4

Agradeço o apoio, a presença, os auxílios mais diversos que foram necessários para minha realização do curso de Doutorado em Educação. ÀProfessora Doutora Tânia Stoltz, que me orientou de forma intensa e amiga, contribuindo de forma significativa para a elaboração deste trabalho. À Professora Doutora Maria de Fátima Quintal de Freitas, pelo acolhimento e transposição necessária. Às Professoras participantes da pesquisa que contribuíram de forma marcante para o enriquecimento desta pesquisa. À Professora Luciana Ribeiro Pinheiro, pelaantecipadamente uma parte das minhas horas de trabalho. disponibilidade em assumir

Às Professoras Doutoras Rosalina Carvalho da Silva e Sonia Haracemiv, pelos encaminhamentos indicados na Banca de Qualificação. Às Professoras Doutoras Denise de Camargo, Doralice Gorni, Maria Carmen Barbosa, Sonia Haracemiv e Valeria Lüders, pelas arguições na Banca de Defesa. Ao estimado pessoal da Secretaria daPós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Paraná e das Bibliotecas – do Setor de Educação e Central – Darci, Francisca, Irene, Lurdes, Katleen. Às colegas da Pós-Graduação pela solidariedade: Dulce, Gina e Rosemiryam. Aos amigos Cloves, Elen, Fátima, Gizele, Hamilton, Paulo, Simone, Suelma, que torceram para que eu tivesse energia para seguir este caminho, apesar das dificuldades que serevelavam. À amiga Maria Otília, que além de torcer, por estar próxima, me confortou nas horas de ansiedade e dúvidas. À amiga Joseth, por tudo isso e por ainda ter se envolvido na leitura do texto. Aos meus sogros Evani e Nelson e a minha mãe Alice, pelo apoio com meus filhos nos afazeres de mãe, os quais cada um assumiu com carinho e desvelo. À Julia e ao Breno, pela paciência e compreensão comofilhos, perante minhas impossibilidades. Ao Valerio, pela disponibilidade, sempre, pela recriação a cada novo momento de vida.
v 5

Poeira Os homens parecem soberbos gigantes

Que se agitam febris num insano trabalho, Se enervam,

Se esfalfam, Se matam

Num moto contínuo Altivos senhores

E repelem,

Se atraem

Supõe-se os melhores.

Ou choram de mágoa, Ou mordem de inveja.sucumbem na luta,

Os menos capazes

Os grandes e os párias Poeira que dança na réstia de vida, Poeira que brilha num raio de sol. Parecem iguais:

Mas lá do infinito,

Helena Kolody
vi 6

RESUMO O tema desta pesquisa refere-se à visão de professores do 1º ano sobre a implantação do Ensino Fundamental de 9 anos na Rede Municipal de Curitiba. O estudo tem como objetivos: conhecer e...
tracking img