Ensino do sistema de numeração decimal: o que falam as professoras

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3515 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
ENSINO DO SISTEMA DE NUMERAÇÃO DECIMAL: O QUE FALAM AS PROFESSORAS?

Maria Luiza Laureano Rosas, UFPE, adailrosas@bol.com.br
Ana Coelho Vieira Selva, UFPE, anacvselva@uol.com.br

Introdução
Este trabalho tem por objetivo compreender, através da fala de professoras, como o Sistema de Numeração Decimal – SND tem sido ensinado na 1ª série do Ensino Fundamental do Recife. Por que o SND? Porqueé incontestável a importância do SND no processo de alfabetização matemática, uma vez que o “entendimento do funcionamento do sistema de numeração é fundamental na compreensão dos algoritmos e mesmo na realização das operações básicas” (MORETTI, 1999, p.27).
O SND é um sistema notacional composto de princípios e propriedades para representar quantidades que precisam ser compreendidas por seususuários. No entanto, estes princípios foram sendo construídos a partir da necessidade que o homem primitivo teve de quantificar o mundo para atender as exigências cotidianas de contar o tempo, os animais, os produtos, as pessoas da família e da comunidade, levando-o a reconhecer, registrar e comparar quantidades.
Ao longo da história, foram criados vários sistemas de numeração, cada um com seusprincípios e regras específicos, porém, um sistema que resistiu ao tempo e às necessidades humanas foi o hindu-arábico ou sistema de numeração decimal - SND, devido ao fato de ser o mais econômico na escrita, pois com apenas dez símbolos/algarismos (0,1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9) é possível registrar qualquer quantidade, facilitando a leitura e a escrita de números.
Entretanto, estes símbolos sãoartificiais, pois não se relacionam com as quantidades que representam. Por isso é preciso memorização de uma ordem fixa associada às quantidades. Esta memorização, porém, é insuficiente para ler, interpretar e produzir números, tornando-se necessário compreender as regras de funcionamento do sistema (SILVA, 1990). Vejamos, então as regras básicas do funcionamento do SND:
 É organizado poragrupamentos e reagrupamentos em base dez;
 É posicional, uma vez que um mesmo símbolo representa valores diferentes, dependendo da posição que ocupa no número;
 É aditivo porque se obtém o valor de número pela soma dos valores posicionais de cada algarismo;
 É multiplicativo, visto que o valor do algarismo é multiplicado pelo valor da posição ocupada;
 Tem no zero a função de guardar posição vaziano número.
Para fazer uso adequado do sistema, o usuário precisa compreender estes princípios. Isto não é tão simples assim, todavia, convivemos cotidianamente com situações que envolvem leitura, interpretação e escrita de números. As crianças, desde muito cedo, convivem com informações a respeito da lógica do sistema, mesmo sem compreendê-la. Estas informações precisam ser exploradas eampliadas no âmbito escolar.

Ensino do Sistema de Numeração Decimal
Quando pensamos em SND, lembramos de seus princípios e regras e da teia de conceitos que envolvem este conhecimento matemático. Cada recurso que usamos para trabalhar o SND permite maior clareza ou transparência de determinados princípios do sistema. Tomemos por exemplo situações de compra e venda com dinheiro em miniatura ou fichascoloridas que representam os valores monetários para trabalhar o sistema: é possível explorar a composição aditiva e o aspecto multiplicativo da numeração, mas não fica claro o princípio da posicionalidade. Vejamos ainda o ábaco e o quadro-valor-do-lugar - QVL, trabalham muito bem a posicionalidade, distribuindo as quantidades nas casas de valores diferentes; os agrupamentos e reagrupamentos nabase dez; e o zero como mantenedor de lugar. Já com o material dourado é possível trabalhar a base dez e seus agrupamentos, os princípios aditivos e multiplicativos, mas não há clareza quanto à posição dos números. Desta forma, esta compreensão por parte do professor sobre as possibilidades e limites de cada recurso é fundamental para que ele planeje melhor sua prática pedagógica, oportunizando...
tracking img