Ensino da lingua portuguesa para surdos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1542 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UEG – UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS






ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA PARA SURDOS:
caminhos para a prática pedegógica

1. Origem da história da língua portuguesa
A origem da língua portuguesa encontra-se na transformação através dos séculos, o latim faz referência as línguas românticas ou neo-latina. O latim originou-se na região do Lácio onde depois seria fundada Roma, como se sabea expansão do latim se dá no contexto da expansão romana. A formação da língua portuguesa ocorre com a mobilização para a expulsão dos árabes e a influência político-cultural.

2. O Brasil no mundo da lusofonia
Cinco séculos depois da colonização, a sociedade brasileira se apresenta como maior nação falante de língua portuguesa. A situação da comunidade surda nesse cenário é particularmenteinteressante, eles são identificados como membros detentores de uma cultura própria, a cultura surda.

3. Lingua e identidade : Um contexto de política linguística
1- Situação do tema
O assunto aqui desenvolvido está diretamente relacionado com política de línguas, culturas como entidade oficial de uma nação e língua como veículo de intercomunicação humana.
2- Considerações gerais
Avitalidade de uma língua depende de sua utilização efetiva, tanto em escala nacional quanto em escala mundial. Quanto mais a língua é utilizada mais ela é viva.
O mundo atual globalizado – que pretende apagar limites, não é capaz de atingir o sistema da língua, porque não lhe é permitido clonar todas em uma só.
3- Linguagem espaço de atos concretos
A língua que se apresenta é a que funciona comosuporte linguístico e não necessariamente aquela que é compreendida como estrutura. A língua portuguesa adquiriu especificidades locais e começou a definir-se como variedade brasileira, o que culminou em 1922 com a Semana de Arte Moderna, que privilegiou as singularidades do falar brasileiro com ênfase ao tom coloquial da linguagem. Se as marcas incorporadas não foram suficientes para criar línguasautônomas, foram bastante uteis para organizar políticas linguísticas naturais.
4- Um projeto em desenvolvimento: O ensino de português como segunda língua.
Departamento de linguística, Línguas Clássicas e Vernácula (LIV) da Universidade de Brasília tem como objetivo principal a pesquisa conjunta que conduza os especialistas a desenvolverem métodos e técnicas adequados ao ensino da Língua acomunidades que não tem o português como língua materna.
Um dos grupos o GT LIV- Comunidades de Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS), visa ao desenvolvimento da competência comunicativa dos brasileiros surdos por meio da língua portuguesa ao lado da Língua Brasileira de Sinais.

Considerações finais: Essas considerações nos conduzem a entender que os obstáculos que limitam o acesso a comunicação ea informação são desafios e não barreiras, especialmente se tratando do ensino da língua portuguesa a falante de LIBRAS. É preciso considerar os avanços técnicos, oferecidos pelas novas tecnologias para o ensino, desde que o produto observe que os surdos tem língua própria, costumes e objetivos comuns.

4. Cultura Surda e cidadania brasileira
1- As diferenças Humanas
Os ouvintes sãoacometidos pela crença de que ser ouvinte é melhor do que ser surdo, pois, ser surdo é o resultado de uma perda de uma habilidade “disponível” para a maioria dos seres humanos. No entanto, essa parece ser uma questão de ponto de vista. Ser surdo não é melhor nem pior do que ser ouvinte, mas diferente. É por não se tratar necessariamente de uma perda, más de uma diferença que muitos surdos,especialmente os congênitos, não tem a sensação de perda auditiva. Quebrar o paradigma da deficiência é enxergar as restrições de ambos: surdos de ouvintes.
2- Cultura Surda e Identidade
É por meio da cultura que uma comunidade se constitui, nesse sentido, a existência de uma cultura surda ajuda a construir uma identidade das pessoas surdas. A preferência dos surdos em se relacionar com seus...
tracking img