Ensino da lingua portuguêsa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 13 (3108 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 17 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ENSINO DA LÍNGUA PORTUGUESA
NAS ESCOLAS PÚBLICAS DE RORAIMA:
ESPELHO E REFLEXO:
POR QUE NÃO SE APRENDE A LER E A ESCREVER?
Ana Aparecida Vieira de Moura (UERR)
Carmem Véra Nunes Spotti (UERR)
Luzineth Rodrigues Martins (UERR)
luzinethmartins@yahoo.com.br
Nildete Silva de Melo (UERR)
nildetemelo@yahoo.com.br
RESUMO
O trabalho ora apresentado objetiva fazer uma reflexão sobre o ensino daLíngua
Portuguesa na Educação Básica das Escolas Públicas do Estado de Roraima, partindo
da premissa que este não atende às expectativas dos que esperam um resultado de qualidade. O foco de estudo é o desenvolvimento das habilidades de língua portuguesa tendo como base os Parâmetros Curriculares Nacionais, e os resultados das avaliações nacionais. Demonstra-se que o paradoxo espelho e reflexocompreende ao momento que
passa, na atual conjuntura, a estrutura do ensino da língua portuguesa; o primeiro por
demonstrar o perfil do professor que atende a esta disciplina, isto é, um professor desmotivado, com baixa qualificação, muitas vezes sem formação, já o segundo reflete o
fracasso da administração pública em oferecer um ensino de qualidade, um programa
de qualificação aos professoresque atendem à área, melhores condições de trabalho.
Palavras-chaves: Ensino, formação, língua portuguesa

INTRODUÇÃO
Pensar sobre o ensino da língua portuguesa no Estado de Roraima,
como formadoras de professores, é sofrer uma instigante angústia em ver
os resultados das avaliações nacionais refletirem um ensino sem qualidade
para as crianças da Educação Básica. Desde 1995 vemos os índicesdecaírem na escala das avaliações, ao mesmo tempo em que vemos empenho
de professores, gestores, pais e a comunidade em geral em reverter o quadro. Este trabalho objetiva fazer uma reflexão sobre o ensino da Língua
Portuguesa na Educação Básica das Escolas Públicas do Estado de Roraima, partindo da premissa que este não atende às expectativas dos que
esperam um resultado de qualidade.

1 O PROBLEMA DO ENSINO DA LÍNGUA PORTUGUESA
O surgimento dos Parâmetros Curriculares Nacionais, o indicativo
dos pilares da Educação, a promulgação da LDB 9394/96 e entre outros
avanços ocorridos nas últimas décadas, não favoreceu grandes transformações ao ensino oferecido no Estado de Roraima. Por isso encontramos
o alunado da Educação Básica, na sua maioria, com dificuldade na aprendizagem daLíngua Portuguesa, apresentando dificuldades em não conseguir redigir um texto no modelo solicitado, em entender um simples texto
jornalístico ou em realizar leitura compatível ao nível de ensino em que se
encontra.
Com este quadro, o ensino, em Roraima começa a sofrer com o resultado das avaliações nacionais, em que nas avaliações do Saeb1 entre
1995 a 2005 a proficiência de Português dosalunos das escolas urbanas
está em constante queda, não sendo diferente entre os alunos da 8ª série e
do Ensino Médio. Neste contexto torna-se imprescindível compreender
quais fatores incidem no ensino da língua. Questões como experiência
pessoal de uso da linguagem como fator de interação social quanto concepção de ensino assumida no processo de ensino podem gerar dificuldades na conduçãometodológica, bem como, as condições de trabalho oferecidas aos profissionais que assumem esta disciplina, além de sua própria
formação outro ponto a ser discutido.
Tais questões nos levaram a realizar uma análise dos fatores internos e externos que interferem no ensino. Como resultado, precisamos estabelecer alguns parâmetros paradigmáticos em relação aos conceitos defendidos neste trabalho.PARADIGMA SOBRE A LINGUAGEM
No que diz respeito a linguagem, percebeu-se que necessário se faz
entendê-la como a atividade comunicativa do ser humano, materializada
1

A Prova Brasil que também compõe o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Saeb), é desenvolvida e realizada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), autarquia do Ministério da...
tracking img