Ensaios mecanicos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1223 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Federal Fluminense
UFF - EEIMVR






Ensaios Mecânicos



Ensaio de Tração






Discentes:










VOLTA REDONDA
2012





RESUMO


Neste experimento foi realizada a medida de dois CP (corpo de prova), utilizando um paquímetro e um micrômetro, a fim de usar essas medidas para o ensaio de tração do material.INTRODUÇÃO

Em um ensaio de tração, um corpo de prova ou provete é submetido a um esforço que tende a alongá-lo ou esticá-lo até à ruptura. Geralmente, o ensaio é realizado num corpo de prova de formas e dimensões padronizadas, para que os resultados obtidos possam ser comparados ou, se necessário, reproduzidos. Este é fixado numa máquina de ensaios que aplica esforços crescentes na suadireção axial, sendo medidas as deformações correspondentes. Os esforços ou cargas são mensurados na própria máquina, e, normalmente, o ensaio ocorre até a ruptura do material (ensaio destrutivo).
Quando um corpo de prova é submetido a um ensaio de tração, a máquina de ensaio fornece um gráfico que mostra as relações entre a força aplicada e as deformações ocorridas durante o ciclo. Mas oque interessa para determinação das propriedades do material ensaiado é a relação entre a tensão e a deformação. A tensão corresponde à força dividida pela área da seção sobre a qual a força é aplicada.
[pic]













Aplicando a equação descrita acima pode-se encontrar os valores da tensão e fazer o gráfico conhecido como tensão-deformação.
[pic]

Figura 1.Limite de elasticidade (E)
Máxima tensão que o material pode suportar sem apresentar deformação permanente após a retirada da carga.

Módulo de resiliência
É a capacidade de um material absorver energia quando deformado elasticamente e liberá-la quando descarregado. A medida desta propriedade é dada pelo módulo de resiliência que é a energia de deformação por unidade de volumenecessária para tracionar o metal de origem até o limite a proporcionalidade.

Região de comportamento plástico
Acima de certa tensão, os materiais começam a se deformar plasticamente, ou seja, ocorrem deformações permanentes. O ponto na qual estas deformações permanentes começam a se tornar significativas é chamado de limite de escoamento. Durante a deformação plástica, a tensão necessária paracontinuar a deformar um metal aumenta até um ponto máximo, chamado de limite de resistência à tração, na qual a tensão é a máxima na curva tensão-deformação de engenharia. Isto corresponde a maior tensão que o material pode resistir; se esta tensão for aplicada e mantida, o 14 resultado será a fratura. Toda a deformação até este ponto é uniforme na seção. No entanto, após este ponto, começa a seformar uma estricção, na qual toda a deformação subsequente está confinada e, é nesta região que ocorrerá ruptura. A tensão corresponde a fratura é chamada de limite de ruptura.

Limite de escoamento
O escoamento é entendido como um fenômeno localizado, que se caracteriza por um aumento relativamente grande na deformação, acompanhada por uma pequena variação na tensão. Isso acontecegeralmente no inicio da fase plástica. Durante o escoamento a carga oscila entre valores muito próximos um dos outros.

[pic]
Figura 2

Limite de Resistência à tração
É a tensão correspondente ao ponto de máxima carga atingida durante o ensaio. Após o escoamento ocorre o encruamento que é um endurecimento causado pela quebra de grãos que compõem o material quando deformados a frio. Omaterial resiste cada vez mais à tração externa necessitando de uma tensão cada vez maior para se deformar. É nessa fase que a tensão começa a subir até atingir um valor máximo, esse chamado Limite de Resistência.
[pic]
Limite de ruptura
Continuando a tração, chega-se a ruptura do material, no chamado Limite de Ruptura. Note que a tensão no limite de ruptura é menor do que no limite de...
tracking img