Enron - os mais espertos da sala

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1262 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE DE CAXIAS DO SUL
CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE VACARIA
CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS
Auditoria I

DOUGLAS MACIEL DA SILVA

RESENHA – ENRON, OS MAIS ESPERTOS DA SALA

VACARIA
SETEMBRO 2012

DOUGLAS MACIEL DA SILVA

RESENHA – ENRON, OS MAIS ESPERTOS DA SALA

Trabalho do tipo resenha, resumo e opinião com o objetivo de analisar o Caso Enron pela Universidade de Caxias do SulProfessora Maria Tereza Martiningui Pacheco

VACARIA
SETEMBRO 2012

O CASO ENRON, OS MAIS ESPERTOS DA SALA

A Enron foi fundada em 1985, através da compra da Houston Natural Gas pela InterNorth, ao longo da sua existência a Enron se dedicou a muitos ramos de atividade que não só o do Petróleo, entre eles freqüência de internet e seguros climáticos. A empresa já foi a sétima maior empresados Estados Unidos e foi considerada por seis anos consecutivos pela renomada revista Fortune a empresa mais inovadora do país.

O problema é que a empresa foi protagonista de um dos maiores casos de fraude da história dos Estados Unidos. O que aconteceu ali serviu de exemplo para o mundo, uma avaliação profunda das questões pessoais em relação ao mercado, da eficiência dos controles financeiros epapel da contabilidade.

O caso de fraude dentro da Enron foi tão complexo que se tornou difícil determinar o que era legítimo e o que realmente não era, mostrando a fragilidade do mercado em constatar esses fatos. A história da fraude envolve antes de números e técnicas fraudulentas de contabilidade, a ganância e orgulho humano.

A Enron tinha em sua cúpula nomes como Jeff Skilling, Ken Lay,Andrew Fastow, além de muitos outros funcionários que estavam de alguma forma envolvidos com os acontecimentos que ali se sucederam, mas as relações com essa fraude não tiveram seus limites dentro da empresa, mas também tiveram responsabilidade, bancos, a firma de contabilidade Arthur Andersen e o próprio governo.

A tática da Enron para crescer em um mercado competitivo e conseguir manter seusinvestidores foi um método chamado de "mark to market", apresentado em 1992 por Jeff Skilling, que convenceu os fiscais federais a permitirem a utilização do mesmo pela Enron. O método consiste em contar ganhos projetados de contratos de energia em longo prazo como receita corrente. Assim era possível a empresa aumentar seus rendimentos, manipulando projeções de valores.

Desta forma eracomplicado ao mercado financeiro determinar como a empresa gerava dinheiro, pois os números de rendimentos apareciam na contabilidade, mas a empresa não pagava altos impostos. Robert Hermann, que era o conselheiro geral de impostos da empresa foi advertido por Skilling a respeito do método e suas conseqüências.

Outro método usado pela empresa para esconder a situação pouco saudável dos seusrendimentos, foi à criação de outras empresas, que absorviam os impactos dos débitos excessivos da empresa, assim também se transferiam os riscos, mantendo o crédito da Enron em alta. Também confiaram nos altos valores das ações em longo prazo e as usaram como suporte para os investimentos necessários a esses outros negócios. Tudo isso foi feito de uma forma muito complexa e utilizando entidades comoraptores das perdas das ações, caso isso acontecesse.
A verdade veio a tona, quando as ações da Enron começaram a declinar de uma forma pouco favorável, já que os raptores não poderiam segurar as perdas de forma excessiva e o impacto já não pode ser removido da empresa. E a especulações se tornaram mais fortes com a demissão de Jeff em 2001, pois era racionalmente inviável aquela demissão.

Nãodemorou muito para o castelo construído em areia movediça desabar, quando as consciências pesaram e os questionamentos já não poderiam ser sufocados. Em 15 de agosto daquele mesmo ano, Sherron Watkins, vice-presidente da Enron, escreveu uma carta em anônimo para Lay, falando a respeito das fraudes incentivadas na empresa. Semanas depois Chung Wu, um corretor da UBS Paine Webber em Houston, enviava...
tracking img