Enigma De

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1797 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de junho de 2015
Ler documento completo
Amostra do texto
O longa-metragem “O Enigma de Kaspar Hauser” (1974), do cineasta alemão Werner Herzog, é um interessante objeto de estudo da teoria de Durkheim, pois apresenta inúmeros exemplos de fatos sociais. O filme é baseado na vida de Kaspar Houser, um cidadão alemão do século XIX que viveu grande parte de sua vida enclausurado em um quarto escuro sem contato com a sociedade. Aos dezoito anos, Kaspar foraabandonado em uma Praça em Nuremberg. Contudo, o jovem não possuía habilidade de fala ou escrita e nem possuía habilidade para andar ereto.
A enorme dificuldade de humanização de Hauser gera muitas situações propícias à identificação de fatos sociais. Por exemplo, Kaspar teve suas vestimentas mudadas, é ensinado a andar e comer com talheres, e ensinam-lhe a fala e a escrita. Todos esses fatoressão, de certa forma, fatos coercitivos, difundidos na sociedade e exterior ao individuo. Por exemplo, um individuo que deseja andar apoiando os quatro membros no chão, ou que não usa vestimentas, certamente seria punido ou seria vitima de discriminação pelo restante da sociedade. A fala e a escrita tem poder de coerção também, pois sem esses atributos o ser pode ser privado de inúmeras conquistas(inclusive esses meios de comunicação possibilitou que Hauser relatasse sua vida durante o período em cativeiro), além disso, por meio desses atributos, os indivíduos tem poder de provocar coerção em outros indivíduos.
Segundo o conceito de Durkheim, para se tornar humano Kaspar Haser teve que aprender com seus semelhantes inúmeras atitudes que seriam impossíveis de serem desenvolvidas em estadode isolamento. Mas, para isso, o jovem teve quer ser muitas vezes manipulado ou obrigado, de tal forma que se o mesmo não se adequasse às regras de conduta impostas pela coletividade, ele não seria aceito pelos demais integrantes da sociedade.

Trabalho de Sociologia

O Enigma de Kasper Hauser e a Socialização

Introdução
Nesse trabalho abordaremos a história do filme “O enigma de Kasper Hauser”e sua relação com o processo de socialização, compreendendo como a trajetória do protagonista está atrelada à necessidade de socialização à qual ele foi privado durante a maior parte de sua vida.
O estudo que nos permite identificar e entender o que ocorreu com Kaspar Hause é a Sociologia, que desde o seu surgimento, reflete sobre as mudanças que ocorrem na sociedade e sobre as relações entre aação individual e a estrutura social dentro da qual os indivíduos estão inseridos. Dentro de tudo que a Sociologia estuda temos a socialização, que é um processo de integração e adaptação do individuo ao meio social em que vive e que pode ser dividida em socialização primária e secundária, como veremos posteriormente. Com a socialização, o individuo passa a ser um ator que desempenha no grupo umpapel útil e reconhecido e não somente um integrante passivo que interiorizou os valores gerais do grupo. A partir disso, podemos analisar a interessante história de Kasper Hauser.

Desenvolvimento
O filme “O enigma de Kaspar Hauser” retrata a inserção de um estranho indivíduo, que não passou pelo processo de socialização, em uma sociedade já feita.
Kaspar Hauser vivia em uma espécie de estábulo emcondições péssimas de higiene, e sem qualquer contato com outras pessoas da família ou com a sociedade. Por este motivo, não tem referências
básicas da atitude humana, não sabe como andar ou falar. Nas primeiras cenas do filme é verificado que apenas emite grunhidos e não sabe ficar de pé.
Mais que um simples estranho, Kaspar Hauser é um ser humano que nunca teve contato com outros de sua espéciedurante seu período de formação (infância e adolescência), ou seja, não passou pelo processo de socialização primária – aquela em que durante a infância, a criança absorve os valores e a atitudes que são apresentadas a ela até então. Kaspar era mantido vivo por um homem, seu suposto pai, que apenas lhe fornecia comida.
É interessante fazer uma analogia com o conceito de educação dado por um...