Engenharia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 19 (4558 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Como nascem as idéias Tanto o físico alemão Albert Einstein quanto o pintor espanhol Pablo Picasso estavam com 26 anos de idade quando chegaram àquelas que seriam suas maiores contribuições para a história: a teoria da relatividade e o cubismo, respectivamente. Ambos viveram na mesma sociedade fervilhante da passagem do século XIX para o XX, período em que as discussões sobre tempo e espaçoesquentavam as rodas de intelectuais. Mas eles não se satisfizeram com as explicações teóricas que circulavam na época. Audaciosos, os dois decidiram experimentar caminhos novos – um na ciência e outro na arte. Questionaram as noções vigentes, trabalharam duro e acumularam tentativas até vislumbrarem conceitos totalmente originais. Em 1905, Einstein publica a célebre equação de equivalência entre massae energia. Em 1907, Picasso conclui o quadro Les Demoiselles d’Avignon, marco do cubismo. O segredo deles? “Ambos prometeram devotar a própria vida à criatividade”, diz o filósofo e historiador da ciência Arthur I. Miller, da Universidade College London, na Inglaterra, autor de Einstein, Picasso – Space, Time and the Beauty that Causes Havoc (Einstein, Picasso – Espaço, Tempo e a Beleza que CausaDestruição, inédito em português). Fundamental para o progresso humano, a criatividade tem contribuído com rupturas e transformações nas mais diversas áreas do conhecimento. Vem instigando a curiosidade de filósofos, pensadores e cientistas desde a antigüidade. Platão encarava o ato de criar como uma força superior e transcendental, fora do controle do indivíduo. Para o psiquiatra Sigmund Freud,o trabalho criativo era resultado da sublimação de impulsos reprimidos. O matemático Henri Poincaré afirmou que a criatividade revelava parentescos inesperados entre fatos bem conhecidos, mas erroneamente tidos como estranhos uns aos outros. Essencialmente, a criatividade pode ser definida como a capacidade de gerar idéias e comportamentos que são surpreendentes, relevantes e úteis em um dadomomento. “Tanto a originalidade quanto a utilidade das idéias variam dos níveis básicos de criatividade – ou seja, da solução bem-sucedida dos problemas cotidianos – até aquela criatividade excepcional, presente nas produções artísticas e científicas”, afirma o psicólogo americano Dean Keith Simonton, da Universidade da Califórnia, em Davis, nos Estados Unidos, e autor de dezenas de trabalhos sobre oassunto. O potencial criativo é inerente ao ser humano. No entanto, sua manifestação varia de pessoa para pessoa. “Comparo a criatividade à eletricidade, que pode tanto se expressar numa poderosa descarga elétrica durante uma tempestade como acender uma lâmpada de uns poucos volts”, diz a psicóloga Eunice Soriano de Alencar, da Universidade Católica de Brasília, que há três décadas estuda o tema.Para a psicóloga Solange Muglia Wechsler, coordenadora do Centro de Criatividade e Desenvolvimento Humano da Pontifícia Universidade Católica (PUC) de Campinas, no interior de São Paulo, a criatividade deve ser entendida sob dois aspectos, o individual e o coletivo. “Se você inventa uma nova receita de bolo a partir dos ingredientes que tem em casa, está sendo altamente criativo no plano pessoal.Mas, para o mundo, aquele pode ser um bolo como qualquer outro”, afirma ela. As idéias, para serem consideradas geniais, passam, portanto, pelo crivo da sociedade. “Poucos indivíduos apresentam uma criatividade tal que provoque um impacto duradouro ou profundo nos outros”, diz Simonton. “Uma das razões seria o fato de que nem todos adquirem a perícia necessária para fazer contribuições genuínas emalgum domínio. Uma coisa é ser um pintor de domingo, que cria paisagens razoáveis. Outra é produzir pinturas que são exibidas, vendidas e criticadas.” Essa perícia, a que Simonton se refere, seria o resultado da combinação de trabalho, traços de personalidade, domínio da técnica e meio favorável. Tal conjunto de fatores contribuiria, então, para que a criatividade extrapolasse o âmbito...
tracking img