Engenharia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (777 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS
DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL
DISCIPLINA DE HIDRÁULICA


















Relatório de experimento:
7ª Experiência: Determinação doFator de Atrito no Tubo Liso







Acadêmicos: Alexandre de Oliveira Maia
Gustavo Ribeiro Costa
Diego de Paula Castro
Rafaella Hortegal de Mesquita














Goiânia,Abril, 2012.




















Relatório de experimento:
7ª Experiência: Determinação do Fator de Atrito no Tubo LisoTrabalho apresentado como pré-requisito para obtenção de nota parcial da disciplina de Hidráulica.








Goiânia,
Abril, 2012.
INTRODUÇÃO


Quando um fluido qualquerescoa de um ponto para outro no interior de um tubo, haverá sempre uma perda de energia, denominada perda de carga. Esta perda de energia é devida ao atrito do fluido com a superfície interna da parededo tubo e turbulências no escoamento do fluido. Portanto quanto maior for a rugosidade da parede da tubulação ou mais viscoso for o fluido, maior será a perda de energia.
Sabe-se que quantomaior as perdas energéticas em uma instalação de bombeamento (Hp), maior será o consumo de energia da bomba, logo maiores os custos da instalação. Para estimar o consumo real de energia, é necessárioque os cálculos das perdas sejam o mais preciso possível. Em uma instalação hidráulica tem-se a perda de carga distribuída (hf) e a perda de carga localizada (hs).
O cálculo de perdas de carga emsituações que envolvam fluxo de fluidos em tubulações é fonte constante de estudos, uma vez que esse fator refere-se à perda de energia provocada por atritos que ocorrem entre as camadas de fluidoque se movimentam em diferentes velocidades e as paredes das tubulações, como conseqüência da interação entre viscosidade e rugosidade, sendo refletida nos custos variáveis da instalação (Kamand,...
tracking img