Engenharia de requisitos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2463 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
METODOLOGIAS

DE

DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE






























Disciplina: Engenharia de Requisitos

Turma: 461 – 154829

Aluno: Juarez Hélio Alves Janvrot













ÍNDICE



1-INTRODUÇÃO 3
2-Descrição e Comparação “RUP” x “OpenUp” 3
2.1- RUP 3
2.2-OpenUp 4
3-Manifesto Ágil 6
4-Descrição e Comparação “XP” x “SCRUM”x “KANBAN” 7
4.1-XP 7
4.2-SCRUM 7
4.3-KANBAN 8
5-CONCLUSÃO 9
6-REFERÊNCIAS 9































INTRODUÇÃO


Não há mais dúvidas de que a indústria de software é uma das mais importantes atualmente. O mercado brasileiro de software e serviços de TI, segundo o último relatório da ABES [9], é de US$ 19 bilhões e cresce de 25% a 30% ao ano desde 2004. Porém, grande parte dosoftware produzido ainda é defeituoso, inadequado aos desejos do cliente, entregue fora do prazo e acima dos custos esperados[1].

Neste contexto percebe-se que se trata de um ambiente bastante complexo que proporciona o surgimento freqüente de novas metodologias de apoio a esse trabalho.

Tais metodologias surgem para apoiar e melhorar os trabalhos, visando atender as expectativas dos clientes e criarpadrões que possam ser utilizados e outras demandas, aumentando assim a probabilidade de sucesso.



Descrição e Comparação: “RUP” x “OpenUp”

2.1- RUP
O RUP[2], abreviação de Rational Unified Process (ou Processo Unificado Racional), é um processo proprietário de Engenharia de software criado pela Rational Software Corporation, adquirida pela IBM, ganhando um novo nome IRUP que agora éuma abreviação de IBM Rational Unified Process e tornando-se uma brand[3] na área de Software, fornecendo técnicas a serem seguidas pelos membros da equipe de desenvolvimento de software com o objetivo de aumentar a sua produtividade no processo de desenvolvimento.
Quais são os objetivos?
o Entender o âmbito geral do projeto e os seus objetivos;
o Coletar informações sobre o quedeve ser feito;
o Decidir sobre a continuidade do projeto.
O RUP sendo uma plataforma de processo de desenvolvimento e que usa a abordagem da orientação a objetos em sua concepção oferece melhores práticas comprovadas e uma arquitetura configurável para ilustrar os processos em ação. É importante destacar que as técnicas e práticas utilizadas são aprovadas comercialmente.Nesta pesquisaveriquei que o RUP é um processo pesado e que deve ser usado por grandes equipes de desenvolvimento e a grandes projetos. Contudo ele pode ser customizado e ter aplicação em qualquer escala. Para a gestão de projetos, ele possui uma solução de assinalar tarefas e responsabilidades dentro da organização no desenvolvimento.
A plataforma RUP® inclui [4] ferramentas:
o Ferramentas paraconfigurar a RUP para as necessidades específicas de seu projeto;
o Ferramentas para desenvolver seu próprio conhecimento interno em componentes de processo;
o Ferramentas de implementação eficientes e personalizáveis baseadas na Web;
o Uma comunidade online para trocar melhores práticas com colegas e líderes do segmento de mercado.

Resumindo, o seu ciclo de desenvolvimentotem 4 fases:


o Concepção


Finalidade – escopo do sistema


Objetivos – Entender o que produzir, identificar os pontos chaves do sistema, determinar no mínimo uma solução possível, planear custos, agenda e riscos e decidir qual processo seguir e quais ferramentas.


o Elaboração


Atividades – ênfase na arquitetura.


Objetivos –Desenvolver a arquitetura do sistema (Requisitos mais significativos e avalaiação de riscos.


o Construção


Construção – ênfase no desenvolimento.


Objetivos – Minimizar custos, consguir paralelismo de desenvolvimento e interatividade com o produto completo que esteja pronto para transição.


o Transição


Finalidade – ênfase na implatação....
tracking img