Engenharia da qualidade - cep

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2691 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA E EDUCAÇÃO - FAESA
FACULDADES INTEGRADAS ESPÍRITO-SANTENSES
CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO PLENA





GIVALDO RODRIGUES DA SILVA
ISLAINE RODRIGUES SANTOS
THAMARA VIANNA COELHO















CONTROLE ESTATÍSCO DO PROCESSO DA PRENSAGEM






















VITÓRIA
2010
GIVALDO RODRIGUES DA SILVA
ISLAINERODRIGUES SANTOS
THAMARA VIANNA COELHO























CONTROLE ESTATÍSCO DO PROCESSO DA PRENSAGEM








Trabalho acadêmico do curso de graduação em Engenharia de Produção Plena apresentado às Faculdades Integradas Espírito-Santenses, como parte das exigências da disciplina de Engenharia da Qualidade, sob a coordenação do profº Wolfgang Enrico Riegert.VITÓRIA
2010
SUMÁRIO



1 OBJETIVO 5
2 PROCESSO DE PRENSAGEM 6
3 MAPA DE PROCESSO 7
4 COLETA DE DADOS 9
5 ORGANIZAÇÃO DOS DADOS 10
5.1 DEPARTAMENTO / SETOR 10
5.2 DESENHO Nº (SE HOUVER) 10
5.3 NOME DA PEÇA OU PRODUTO 10
5.4 OPERAÇÃO 10
5.5 MÁQUINA 11
5.6 OPERADOR(ES) 11
5.7 ESPECIFICAÇÃO 11
5.8 INSPETOR 12
5.9 CARACTERÍSTICA 12
5.10 TAMANHO E INTERVALO DAAMOSTRAGEM 12
5.11 LANÇAMENTO DOS DADOS 12
5.12 CONTROLE ESTATÍSTICO DO PROCESSO 13
5.13 CAPACIDADE DO PROCESSO 20
6 CONCLUSÃO 21
7 BIBLIOGRAFIA 22



1 OBJETIVO
Este trabalho tem como objetivo avaliar se o processo de prensagem de minério de ferro está sob o controle estatístico de processo, análise feita através da variação da superfície específica do minério fino (antes e depois daprensagem) envolvendo gráficos de controle que verificam a presença de causas especiais. Avaliar ainda, se o minério prensado atende a especificação.
Para tanto, estabeleceu-se a relação de causa e efeito existente entre os parâmetros de produto e de processo envolvidos no processo de Prensagem.



2 PROCESSO DE PRENSAGEM
É um processo de cominuição (fragmentação de partículas), onde aspartículas contidas num fluxo contínuo de minério passante entre os rolos de uma prensa são submetidas a elevadas pressões, gerando a fragmentação das mesmas e originando um produto com superfície específica mais elevada. A trituração ocorre tanto entre os rolos e as partículas de minério quanto entre as próprias partículas .
Esse processo possui os seguintes benefícios:
− Variação média da superfícieespecífica do produto de 300 ± 50cm²/g, permitindo assim um aumento na taxa de produção dos moinhos e conseqüentemente da(s) usina(s);
− Maior quantidade de ultra finos;
− Melhora na qualidade das pelotas produzidas;
− Menor consumo específico de energia elétrica no moinho de bolas, de corpos moedores no moinho de bolas e de revestimento do moinho de bolas.
.



3 MAPA DE PROCESSO
O estudofoi realizado com base no mapa de processo, onde se evidenciam os limites do processo, principais atividades e os parâmetros de controle.
Foram detectados os parâmetros controláveis, parâmetros de ruído e parâmetros críticos. As causas e efeitos identificados, bem como os parâmetros estabelecidos, estão expostos abaixo:










Figura 01 – Mapa de processo da Prensa
Sendo osparâmetros controláveis críticos:
− Abertura entre os Rolos (GAP): determina a espessura que será prensada quanto menor for essa espessura a prensa terá mais facilidade para prensar o minério, desde que os mesmos não estejam totalmente fechado para não utilizar a pressão dos rolos nos batente da prensa;
− Pressão de Prensagem: A pressão nos fornece a força necessária para prensar o minério quantomaior a pressão maior a força pois a área do rolo da prensa é constante;
− Torque do Motor: indicador para medir a performance dos motores quanto a realização de trabalho;
− Velocidade dos Rolos: é a velocidade em que o minério é prensado quanto menor for essa velocidade melhor vai se o processo de prensagem;
− Nível da Calha: a calha deverá ter nível constante para manter sempre material ou...
tracking img