Engenharia clinica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3971 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A ENGENHARIA
CLÍNICA COMO ESTRATÉGIA NA
GESTÃO HOSPITALAR
O rápido avanço tecnológico vivido nos dias de hoje tem gerado novas técnicas e
novos produtos com o objetivo de melhorar a qualidade de vida do ser humano. A área
médica, por ser um dos fatores mais significativos desse aumento da qualidade de vida,
beneficia-se consideravelmente desse processo evolutivo, elaborando meios cada vezmenos invasivos e mais seguros na busca pela saúde humana. Sem dúvida, é nesta área
que temos a junção do maior número de tecnologias (ótica, microeletrônica, robótica,
informática, radiação, bioquímica, biofísica, etc.) aplicadas para o benefício do ser
humano, sempre com o objetivo de suprir a vontade inata de viver mais, com o menor
sofrimento e desfrutando da maior saúde possível.Trazendo esta visão da evolução tecnológica para um pouco mais perto da engenharia
clássica, podemos citar os avanços nas áreas de terapia e diagnósticos, nos últimos 30
anos, como: os Centros de Tratamento Intensivo (ventiladores pulmonares, balão de
contrapulsação aórtica, monitores multiparamétricos, etc.); as cirurgias cardíacas
(aparelhos de anestesia, de circulação extra-corpórea, focosprismáticos, bisturis de
argônio, etc.); os diagnósticos por imagem (ultra-sonografia, tomografia
computadorizada, cintilografia, ressonância magnética nuclear); os exames laboratoriais
(bioquímica, hematologia, etc.); os processos cirúrgicos cada vez menos invasivos
(videolaparoscopia). Todos esses avanços demonstram a grande evolução já alcançada
nos equipamentos biomédicos e, sem dúvida,evoluiremos mais e mais a cada dia.
O maior problema encontrado nessa evolução é acompanhar os crescentes custos,
pois os benefícios são cada vez maiores e melhores. No entanto, representam custos
permanentemente elevados, mesmo quando essa tecnologia já está mais difundida. Um
exemplo vivo é o preço de uma ressonância magnética nuclear, que pode atingir alguns
milhões de dólares. As pesquisasnecessárias para tal evolução consomem recursos
muito importantes, desde a investigação básica até à comercialização do produto. Esses
valores, cada vez mais crescentes, são cobrados da sociedade, ou através do sistema
público ou do sistema privado. De fato, essa evolução tem que ser sustentada direta ou
indiretamente pela sociedade, que necessita dar conta de um conjunto de demandas que
ultrapassa aassistência médica. Sendo assim, surgem algumas ponderações: Que custos
são aceitáveis? Quais são as prioridades? Prevenir ou tratar? E como organizar o
acesso a tecnologias cada vez mais onerosas?
Neste contexto, sabe-se que a comunidade científica não vai parar de pesquisar e
desenvolver novas tecnologias, pois o que se pretende é viver mais e melhor. Por isso, o
desejável seria“aproveitar” ao máximo essa evolução, pensando sempre em buscar o
menor custo com o maior “benefício” possível, ou maior eficácia/efetividade, que seriam
as palavras mais adequadas quando aplicadas à área da saúde, substituindo a relação
custo/benefício por custo/efetividade.
1. DEFINIÇÃO DE ENGENHARIA CLÍNICA
Nos países desenvolvidos, o profissional responsável por cuidar de perto dessa
evoluçãotecnológica, dentro do sistema de saúde, é denominado engenheiro biomédico
ou engenheiro clínico. Essa profissão surgiu nos EUA, na década de 1960, em função da
rápida proliferação dos equipamentos médicos, originários dos centros de pesquisas
acadêmicas. Na década de 1970, alcançou significativa presença no mercado americano,
basicamente, devido a três aspectos, segundo Bronzino:
1. Asadministrações profissionais, convencidas de que para aumentar o volume das
operações e/ou serviços nos seus sistemas hospitalares deveriam dividir o país em
distritos de engenharia biomédica, com um engenheiro biomédico chefe que
supervisionasse todas as atividades de todos os engenheiros dos hospitais de cada
distrito.
2. A criação de departamentos de engenharia clínica nos grandes centros...
tracking img