Engenharia civil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3766 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE REGIONAL DE BLUMENAU
CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS
DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL

MEMORIAL DE CÁLCULO DO PROJETO DE ESTRADA

ANDRÉ VINICIUS PAVANELLO
CRISTIAN POPENG
JONATHAN HERINGER
GUSTAVO ULLER DA CUNHA
LUIZ FELIPE ZAGOLIN

BLUMENAU
2012
ANDRÉ VINICIUS PAVANELLO
CRISTIAN POPENG
JONATHAN HERINGER
GUSTAVO ULLER DA CUNHA
LUIZ FELIPE ZAGOLIN

MEMORIAL DECÁLCULO DO PROJETO DE ESTRADA

Trabalho apresentado para avaliação na disciplina de Projeto e Construção de Estradas I do Curso de Engenharia Civil do Centro de Ciências Tecnológicas da Universidade Regional de Blumenau.

Prof. Msc. José Nuno Amaral Wendt

BLUMENAU
2012

SUMÁRIO

1 lançamento do eixo da rodovia 1
1.1 coordenadas dos pontos (em metros) 1
1.2 Distância entre os pontos(tangentes) 1
1.3 azimutes das tangentes 1
1.4 Rumo das tangentes 1
1.5 deflexões nos pontos de interseção 1
1.6 Ângulos internos nos pontos de interseção 1
2 curva circular simples 2
2.1 Características do relevo do terreno 2
2.1.1 Características geométricas da nova estrada: 2
2.2 cÁlculo DOS ELEMENTOS DA CURVA 2
2.3 sUPER ELEVAÇÃO (se) 3
2.3.1 Fórmula para o cálculo: 3
2.4 Cálculo dasuperlargurA (SL) 3
2.4.1 Fórmulas para o cálculo: 3
2.5 Distribuição da superelevação e superlargura (Lc) 3
2.5.1 Comprimento mínimo de transição (Lc mínimo) 4
O comprimento mínimo deve ser igual ou superior ao maior valor calculado pelos critérios abaixo: 4
2.5.2 Comprimento máximo de transição (Lc máximo) 4
2.6 Cálculo das Estacas 4
2.7 Tabela de Locação 5
3 curva circular composta (2 RAIOS)6
3.1 Cálculo dos elementos da curva 6
3.2 Cálculo da superelevação (SE) 7
3.2.1 Fórmula para o cálculo: 7
3.3 Cálculo da superlargura (SL) 7
3.3.1 Fórmulas para o cálculo: 7
3.4 Distribuição da superelevação e superlargura (Lc) 8
3.4.1 Comprimento mínimo de transição (Lc mínimo) 8
3.4.2 Comprimento máximo de transição (Lc máximo) 8
3.5 Cálculo das Estacas 9
3.6 Tabela de Locação 10
4curva circular composta (3 RAIOS) 11
4.1 Cálculo dos elementos da curva 11
4.2 Cálculo da superelevação (SL) 12
4.2.1 Fórmula para o cálculo: 12
4.3 Cálculo da superlargura (SL) 13
4.3.1 Fórmulas para o cálculo: 13
4.4 Distribuição da superelevação e superlargura (Lc) 13
4.4.1 Comprimento mínimo de transição (Lc mínimo) 13
4.4.2 Comprimento máximo de transição (Lc máximo) 14
4.5 Cálculodas Estacas 14
4.6 Tabela de Locação 15
5 curva circular com transição espiral 16
5.1 Cálculo dos elementos da curva 16
5.2 Cálculo da superelevação (SL) 16
5.2.1 Fórmula para o cálculo: 16
5.2.2 Comprimento mínimo de transição (Lc mínimo) 16
5.2.3 Comprimento máximo de transição (Lc máximo) 17
5.2.4 Ângulo central da curva: 17
5.2.5 Ângulo central circular β: 17
5.2.6 Desenvolvimento 175.2.7 Coordenadas 17
5.2.8 Cálculo das Tangentes externas Tta e Ttb 18
5.2.9 Cálculo Componentes Curva Circular Central 18
5.3 Cálculo das Estacas 19
5.4 Tabela de Locação 19
6 LOCAÇÃO DAS ESTACAS 20
6.1 estacas dos eixos da rodovia 20
6.2 Estacas curva circular simples 20
6.3 estacas curva circular composta (2 raios) 21
6.4 estacas curva circular composta (3 raios) 21
6.5 estacas curvacircular ESPIRAL 21

lançamento do eixo da rodovia

O eixo foi lançado por critérios conforme relevo da região e a partida e destino desejados.

coordenadas dos pontos (em metros)

OPP = [3,24 ; 696,51]
PI = [745,90 ; 610,94]
PF = [1100,55 ; 303,38]

Distância entre os pontos (tangentes)

Tangente 1 (OPP – PI) = 747,57m
Tangente 2 (PI – PF) = 469,43m

azimutes das tangentesAz (OPP - PI) = 96,5728º
Az (PI - PF) = 130,9320º

Rumo das tangentes

Rumo (OPP - PI) = 83,4272º SE
Rumo (PI - PF) = 49,0680º SE

deflexões nos pontos de interseção

ΔPI = Az (PI - PF) - Az (OPP - PI) = 34,3592 º

Ângulos internos nos pontos de interseção

PI = 145,6408º

curva circular simples

Características do relevo do terreno

Cota máxima = 77 m
Cota mínima = 23 m...
tracking img