Enfoque maacro

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 24 (5961 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
MERCADOS: ENFOQUE MACROECONÔMICO
“Estudo das variáveis macroeconômicas, suas interdependências e impactos nas organizações”
1. Introdução

Os agentes que atuam na cena econômica são classificados como empresas, governos, famílias e resto do mundo, do ponto de vista macroeconômico e os resultados de suas ações podem ser retratados em demonstrativos contábeis que figuram nas chamadascontas de produção, governo, famílias, resto do mundo e acumulação.
A conta produção, como o próprio nome já diz trata fundamentalmente de mostrar o quanto é produzido, isto é, o produto da economia. Também é mostrada a renda gerada nessa economia, que, por sua vez, tem valor exatamente igual ao produto. Pelo que pode ser observado, o produto pode ser medido pela somatória das transaçõesfinais realizadas no período de tempo objeto da medição, enquanto que a renda corresponde à somatória das remunerações daqueles participam do processo de produção (o que significa dizer que trata do custo do processo de produção do país).
As contas famílias, governo e resto do mundo compreendem receitas, despesas e poupanças dos agentes econômicos que as compõem. A conta acumulação, por suavez, mostra o total de investimento da economia e suas respectivas fontes de financiamento, ou seja, as diversas poupanças desses agentes.
Trata-se de um conjunto de contas altamente inter-relacionado e interdependente em que as ações de alguns agentes econômicos causam impactos em outros agentes.

2. Identidades contábeis

Para facilitar as análises posteriores, nossoprimeiro passo será transformar parte da conta de produção em identidades contábeis macroeconômicas, conforme segue:

Tabela – I Simbologia para o tratamento das variáveis macroeconômicas

PIBpm - - - → Produto Interno Bruto a preço de mercado
Y - - - → Renda = PIBpm
C - - - → Consumo das famílias
I - - - → Investimentos
G - - - → Gastos do Governo
Ib- - - → Investimento bruto
X - - - → Exportações de mercadorias e serviços
M - - - → Importações de mercadorias e serviços

Sabendo-se que:

Oferta agregada = PIBpm + M

E que

Procura agregada = C + I + G + X
E considerando-se que, em termos contábeis, a procura agregada deve ser igual à Oferta agregada, tem que:

PIBpm + M = C + I + G + XDaí, conclui-se que:

PIBpm = C + I + G + ( X - M )

Isto significando que PIBpm, medido pelo lado da procura, corresponde ao total de procura agregada, excluindo-se do valor dessa procura a parcela suprida pelas importações e que, evidentemente, constitui produção do exterior.

Nota-se que na equação (C + I + G) corresponde à procura interna de bens e serviços. Se estaprocura interna superar o PIB, então, necessariamente, as importações terão que superar as exportações, ficando (X - M) com saldo negativo, e isso somente será possível mediante captação de poupanças externas ou queima de divisas. Por outro lado, no momento de pagar dívida, será necessário que as exportações superem as importações, o que fará com que a procura interna seja inferior a produçãoanual do país.

3. PIB como medida do potencial de compra (ou de bem-estar de uma população)

O PIB, medido pelo lado dos custos, isto é, da geração de renda, representa o potencial de compra gerado no país, estado, cidade ou localidade – objeto de medição. É de se supor que, quanto maior o PIB maior será o seu potencial de compra, e vice-versa.

Dados preliminares, publicadospela revista Exame de 28 de fevereiro de 1996, apresentam os seguintes valores estimados para o PIB de 1995, dos países abaixo:

1º Estados Unidos U$$ 7,113 bilhões
2º Japão U$$ 3,966 bilhões
3º Alemanha U$$ 1,938 bilhões
4º França U$$ 1,433 bilhões
5º Itália...
tracking img