Enfermagem

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 35 (8695 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Medicina, Ribeirão Preto, 29: 19-31, jan./mar. 1996

Simpósio: SEMIOLOGIA ESPECIALIZADA Capítulo II

SEMIOTÉCNICA NEUROLÓGICA
TECHNIQUE OF THE NEUROLOGIC EXAMINATION

José Geraldo Speciali

Docente do Departamento de Neurologia, Psiquiatria e Psicologia Médica da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo. CORRESPONDÊNCIA: Departamento de Neurologia, Psiquiatriae Psicologia Médica da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - Campus Universitário - Ribeirão Preto - SP - CEP: 14048-900 - Fax: (016) 633.0866

SPECIALI JG

Semiotécnica neurológica. Medicina, Ribeirão Preto, 29: 19-31, jan./mar. 1996.

RESUMO: O autor descreve, suscintamente, os principais passos do Exame Neurológico. Os objetivos principais são iniciar os estudantes da área médica,especialmente os de Medicina, nas técnicas do Exame Neurológico e padronizá-las no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo. UNITERMOS: Anamnese. Diagnóstico Neurológico. Exame Físico. Exame Neurológico. Neurologia.

I. Material necessário para realizar o exame neurológico: Para atender aos objetivos do ensino neurológico, é necessário que osalunos disponham de instrumentos adequados que serão exigidos, por serem indispensáveis ao exame clínico. Consideramos essencial que todo estudante tenha, para uso pessoal, o seguinte material: 1. Abaixador de língua 2. Algodão 3. Alfinete 4. Estilete de ponta romba 5. Fita métrica 6. Lanterna de bolso 7. Martelo de reflexos. 8. Diapasão de 128 ou 256 Hertz 9. Oftalmoscópio.

II. Roteiro e Técnicado Exame Neurológico

1 - Anamnese:
1.1. Queixa e duração. 1.2. História da moléstia atual. 1.2.1. Início:súbito, insidioso. 1.2.2. Evolução: estacionária. Regressiva. Progressiva. Paroxística. Recidivante Ondulante. 1.2.3. Tratamentos anteriores. O início súbito deve ser comparado, para o paciente entender bem, como sendo parecido com o estalar de um trovão e deve ser diferenciado, porexemplo, de um início rápido, mas que dure alguns segundos ou poucos minutos. O primeiro caso lembra a ruptura de um aneurisma cerebral, enquanto que o segundo lembra a instalação de acidente vascular cerebral isquêmico. O início insidioso lembra lesão expansiva ou doenças, lentamente, progressivas como a Doença de Parkinson e a Doença de Alzheimer. O tipo de evolução ajuda no raciocínio do diagnósticoetiológico. 19

J. G. Speciali

A evolução estacionária indica uma doença que deixa seqüela, como por exemplo um trauma medular ou hemorragia cerebral. Se no decorrer dos meses (dias), houver melhora dos sinais/sintomas, a evolução é chamada de regressiva. A evolução progressiva lembra patologias que aumentam com o tempo, como as doenças degenerativas e as lesões expansivas. A evoluçãoparoxistica e recidivante diferem apenas na duração dos sintomas. No primeiro tipo, os sinais/sintomas devem durar por minutos ou poucas horas (ex. crise epiléptica, enxaqueca) enquanto no segundo tipo, os sinais/sintomas poderão durar meses (ex. Esclerose Múltipla) e depois regredir, total ou parcialmente. A evolução ondulante caracteriza algumas doenças que sofrem influência de fatores internos, comoa hipo ou hiperglicemia, uremia, amonemia ou externos como o frio (afetando a circulação cerebral, por exemplo). 1.3. Interrogatórios: Cefaléias. Vômitos. Alterações visuais. Convulsões. Desmaios. Dor. Parestesias. Anestesias. Fraqueza muscular. Paralisias. Atrofias. Tremores. Movimentos involuntários. Alteração de marcha. Fala. Escrita. Distúrbios psíquicos. Alterações do apetite. Emagrecimento.Alterações dos esfíncteres. Distúrbios sexuais. 1.4. Antecedentes Pessoais: Condições de gestação: moléstias, febre, uso de medicamentos, traumas, exames radiológicos, tratamentos por radiações. Condições de nascimento e neonatais: tipo de parto, anoxia cerebral, choro, sucção, convulsões, icterícia, complicações cardio-respiratórias. Desenvolvimento psicomotor. Rendimento escolar e no trabalho....
tracking img