Energias alternativas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1829 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS
ESCOLA DE ENGENHARIA
INTRODUÇÃO ÀS CIÊNCIAS DO AMBIENTE

Atualmente, uma das maiores
preocupações do homem é o meio
ambiente. Um dos pontos críticos com
relação a essas mudanças é a criação de
alternativas para as fontes de energia
não ecológicas, que dependem de
combustíveis fósseis e não renováveis.
Logo, há um incentivo para que
sejamdesenvolvidas fontes alternativas
de energia, e que estas sejam mais
eficientes e menos poluentes.
As principais fontes alternativas de
energia em uso são solar, eólica,
biocombustíveis, geotérmica e de
biomassa.

ENERGIA DE BIOMASSA

ENERGIA DE BIOMASSA
Do ponto de vista energético, biomassa é todo
recurso renovável oriundo de matéria orgânica (de
origem animal ou vegetal) utilizada naprodução de
energia. Dela é possível obter energia elétrica e
biocombustíveis, como o biodiesel e o etanol, cujo
consumo é crescente em substituição a derivados
de petróleo como o óleo diesel e a gasolina.

TÉCNICAS DE CONVERSÃO
Combustão: é a técnica mais desenvolvida e consiste na simples queima da biomassa
liberando calor e gerando energia. Muito utilizada na geração simultânea de energiae calor
em indústrias de madeira e usinas de carvão.
Gaseificação: é a conversão de biomassa em combustível gasoso. Os principais
produtos são hidrogênio e monóxido de carbono. São usados tanto na geração de energia
quanto na indústria química. A maioria das técnicas ainda está em estágio de
desenvolvimento.
Fermentação: é a desintegração da biomassa por uma bactéria anaeróbica para
formaruma mistura de metano e dióxido de carbono. Esse biogás é usado para a geração de
eletricidade A fermentação é muito útil em indústrias, elas aplicam esse processo no seu lixo e
esgoto para purifica-lo. Pode se conseguir que esse gás atinja a qualidade do gás natural,
podendo então ser usado numa infinidade de outras coisas.
Pirólise (carbonização): O mais antigo e simples dos processos deconversão de um
combustível sólido (normalmente lenha) em outro de melhor qualidade e conteúdo
energético carvão). Este processo consiste no aquecimento do material original entre 300 e
500°C, na “quase ausência” de ar, até a extração do material volátil. O principal produto final é
o carvão vegetal.

A precariedade e falta de informações oficiais sobre o
uso da biomassa para finsenergéticos deve-se a tais
fatores:
• Trata-se de um energético tradicionalmente utilizado em países
pobres e setores menos desenvolvidos;
• Uma fonte energética dispersa, cujo uso é pouco eficiente;
• É indevidamente associado a problemas de desflorestamento e
desertificação (uma vez que florestas energéticas podem ser
cultivadas exclusivamente com a finalidade de produzir lenha, carvão
vegetal,briquetes e licor negro para uso industrial);

Medidas para aprimoramento do uso da
biomassa:
• Esforços recentes de mensuração mais acurada do seu uso e
potencial, por meio de novos estudos e demonstrações;
• Uso crescente da biomassa como um vetor energético
moderno (graças ao desenvolvimento de tecnologias
eficientes de conversão), principalmente em países
industrializados;
•Reconhecimento das vantagens ambientais do uso racional
da biomassa, principalmente no controle das emissões de
CO2 e enxofre;

BIOMASSA NO BRASIL
No Brasil, a imensa superfície do território nacional, quase
toda localizada em regiões tropicais e chuvosas, oferece
excelentes condições para a produção e o uso energético da
biomassa em larga escala.
OFERTA INTERNA DE ENERGIA (%)
FONTES

19401970

1996

Petróleo e Gás
Natural

6,1

33,3

35,2

Carvão Mineral

6,2

3,6

5,2

Hidráulica

4,9

15,8

38,3

80,5

42,6

9,6

Produtos da Cana

2,3

4,7

10,2

Outras

0,0

0,0

1,6

Lenha

Há uma expansão do uso da biomassa devido a políticas de fontes renováveis que
estimulam a valorização e consumo de biocombustíveis. Em 2007, a...
tracking img