Energia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2372 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Problemas ambientais e sociais causados pela produção de energia
Comparação da fonte de energia brasileira com outros países
Proinfa incentiva fontes alternativas de energia
O consumo crescente e o impacto ambiental e social causados pelas fontes de energias tradicionais levam governo e sociedade a pensar em novas alternativas para geração de energia elétrica. Segundo dados do BalançoEnergético Nacional, mais de 40% da matriz energética do Brasil é renovável, enquanto a média mundial não chega a 14%. No entanto, 90% da energia elétrica do país é gerada em grandes usinas hidrelétricas, o que provoca grande impacto ambiental, tais como o alagamento dessas áreas e a conseqüente perda da biodiversidade local. Os problemas sociais não são menores com a remoção de famílias das áreas. Quaseum milhão de pessoas já foram expulsas de suas terras.
Avaliar impacto
“Não existe geração de energia sem impacto ambiental. Esse impacto só será reduzido, se diminuirmos o consumo”, ressalta o pesquisador da Faculdade de Engenharia Mecânica da Unicamp, Gilberto Januzzi. Exatamente por isto, considera necessário avaliar os impactos para escolher melhor as fontes alternativas.
Fonte:http://www.comciencia.br/reportagens/2004/12/12.shtml

Usina Termoelétrica ou Usina Termelétrica
Como vários tipos de geração de energia, a termeletricidade também causa impactos ambientais. Contribuem para o aquecimento global através do efeito estufa e da chuva ácida. A queima de gás natural lança na atmosfera grandes quantidades de poluentes, além de ser um combustível fóssil que não se recupera.
OBrasil lança por ano 4,5 milhões de toneladas de carbono na atmosfera, com o incremento na construção de usinas termelétricas esse indicador chegará a 16 milhões.
As termoelétricas apresentam um alto custo de operação, em virtude do dinheiro utilizado na compra de combustíveis.
Fonte: http://www.sobiologia.com.br/conteudos/Ar/termeletrica.php

Energia a partir do carvão mineral
É possíveldiminuir seu grau de poluição?
Algumas tecnologias permitem a redução dessa emissão. Uma delas é a lavagem de carvão, que mistura o carvão triturado a um líquido, separando as impurezas. Em outras técnicas, o dióxido de enxofre, uma das maiores causas da chuva ácida, é retirado. Também já é possível a redução de óxidos de nitrogênio, uma das causas do ozônio no nível do chão. Outras tecnologiaspermitem o bombeamento do gás carbônico para o subsolo pelas usinas termelétricas. Há três alternativas: o lançamento do gás em minas de carvão, expulsando o gás metano (que, por sua vez, pode ser usado como combustível pela usina); em minas de água salgada imprópria para consumo humano ou para reservas de petróleo, facilitando na extração do combustível.
Fonte:http://veja.abril.com.br/idade/exclusivo/perguntas_respostas/carvao-mineral/poluicao-energia-combustiveis-fosseis-eletricidade.shtml#topo
Biocombustíveis
Para consolidar-se como líder neste segmento, o Brasil terá que enfrentar com maestria os impactos sociais que esse aumento de produção da energia derivada da cana-deaçúcar – na ordem de 17,1% de 2006 para 2007 (EPE, 2008) – principalmente nas principais questões que são atualmenterelacionadas aos biocombustíveis: trabalho escravo nas lavouras; desenvolvimento local com manutenção da agricultura familiar; e segurança alimentar devido ao desvio da finalidade da produção de grãos que servem tanto para produção de alimentos quanto para produção de biocombustível. Com o intuito de que esses impactos sejam minimizados, tanto Governo quanto setor privado, sociedade civilorganizada e a comunidade em geral têm contribuído para tornar mais transparente, responsável e sustentável essa retomada da produção em larga escala do etanol no país.
INSEGURANÇA ALIMENTAR
A grande questão da recente escalada de investimentos para a produção de biocombustível reside no debate alimento X combustível. De acordo com relatório publicado pelo Banco Mundial, com 240 quilos de milho...
tracking img