Energia solar em semaforo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2605 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de julho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
CAPITULO 1
INTRODUÇÃO

No trânsito atualmente existem faixas exclusivas para ônibus, fechamento de retornos, mudanças nos sentidos das vias. Mas nada mais parece dar resultado no trânsito de grandes metrópoles. Os “gargalos” se multiplicam e alcançam todas as regiões. O motivo mais simples é visível nas ruas. Em São Paulo, por exemplo, a frota de veículos dobrou desde dezembro de 2000, ouseja, em menos de oito anos, e vai atingir 600 mil unidades nos próximos dias. A capital sofre com os efeitos diretos dessa multiplicação. Em todos os cantos da cidade os engarrafamentos se tornaram companheiros diários dos motoristas.
Esse trabalho foi elaborado pensando exatamente nesse trânsito caótico de grandes cidades, que causam danos enormes à população, seja pela queima desnecessária decombustível enquanto o veículo está parado no trânsito, seja pela quantidade de horas que o motorista perde imobilizado, tempo este que poderia ser utilizado para seu desenvolvimento profissional, ou pelo risco de acidentes.
Boa parte do tempo que os veículos ficam parados no trânsito se deve a semáforos, que em razão da forte chuva ficam apagados, ou com luzes intermitentemente piscando. Segundoa Companhia de Engenharia de Tráfego, as causas principais dos atuais problemas são: falta de energia, infiltração de água nas caixas semafóricas, variação brusca de voltagem na rede de eletricidade e descargas elétricas.
A proposta é desenvolver uma fonte de energia para semáforos que atue sob as condições adversas climáticas, que tenha uma excelente relação custo e beneficio, além de possuirum armazenamento energia, evitando danos a sociedade.

CAPÍTULO 2
REVISÃO BIBLIOGRÁFICA

O uso do controle do fluxo do tráfego através de semáforos não é disseminado no Brasil tal como o é em países como os Estados Unidos e Austrália. As vantagens e desvantagens da utilização dos semáforos pelo tráfego são pouco estudadas no Brasil, o que pode ser citado como causa e/ou conseqüência de seupequeno uso.
Os semáforos modernos foram desenvolvidos a partir de equipamentos manuais de operação de tráfego utilizados em Londres no ano de 1868. Esse semáforo possuía dois braços que, quando estendidos horizontalmente significavam “Pare” e quando inclinados a 45 graus significavam “Siga com cuidado”. À noite, uma lâmpada de gás verde e uma vermelha reforçavam as indicações dos braços.Entretanto, o equipamento explodiu 23 dias depois de entrar em operação, matando o policial que o estava operando e desmotivando novas invenções nesta área por um bom tempo. Em 1913, James Hoge inventou o primeiro semáforo elétrico como hoje é conhecido, porém com apenas os sinais verde e vermelho. Esta invenção aparece como sendo a origem do semáforo a três cores, o qual se propagou nos Estados Unidosno começo da década de 20. Semáforos interligados começaram a ser utilizados na cidade de Salt Lake City em 1917. Um sistema progressivo foi proposto em 1922. Os primeiros semáforos atuados foram instalados em New Haven, East Norwalk e Baltimore em 1928.

Figura 2.1 – O primeiro semáforo
2.1) EVOLUÇÃO DA TECNOLOGIA SEMAFÓRICA E SEU USO NO BRASIL

A evolução do controle semafórico no Brasildesenvolveu-se na década de 70 por linhas definidas pelas experiências de outros países e foi liderada pelas iniciativas tomadas pela CET/SP - Companhia de Engenharia de Tráfego do Município de São Paulo.
No primeiro passo, quando aqui ainda imperavam os equipamentos eletromecânicos, ocorreu a introdução de controladores multiplanos, de tempo fixo (de origem norte-americana, em 1976). O segundopasso incluiu a implantação da centralização de equipamentos com programações a tempos fixos (com o projeto SEMCO em São Paulo, em 1980), utilizando controladores eletrônicos importados (da Plessey, fabricante inglesa). A iniciativa de desenvolver e testar um controlador atuado nacional (realizado em conjunto pela CET/SP e o Instituto de Pesquisas Tecnológicas - IPT) foi um esforço paralelo que...
tracking img