Enema

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1618 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
SUMÁRIO





1. Resumo Sistema Digestivo

2. Enema - Conceito

3. Indicação

4. Contra-Indicação

5. Levantamento de Dados

6. Volume, Temperatura e velocidade da Solução

7. Tipos de Solução

8. Informação e Educação do cliente antes do procedimento

9. Posicionamento

10. Material Necessário

11. Técnica

12. Registros

13.Complicações

14. Critérios de Qualidade e Eficácia

15. Outros Tipos de Enema

16. Fontes de Pesquisa
















1) RESUMO – SISTEMA DIGESTIVO:


O aparelho digestivo ou digestório ou ainda sistema digestório é o sistema que, nos humanos, é responsável por obter dos alimentos ingeridos os nutrientes necessários às diferentes funções do organismo, comocrescimento, energia para reprodução, locomoção, etc. É composto por um conjunto de órgãos que têm por função a realização da digestão. Sistema Digestório é constituído pelo tubo digestivo e suas glândulas anexas, sua função é retirar os nutrientes indispensáveis dos alimentos ingeridos, para o desenvolvimento e manutenção do organismo.
Apresenta as seguintes regiões: boca, faringe, esôfago,estômago, intestino delgado, intestino grosso e ânus.
A boca é a abertura pela qual o alimento entra no tubo digestivo, onde o alimento é preparado para a digestão, por meio da mastigação proporcionada pelos dentes e a língua.
A faringe é o canal por onde passa o alimento que se dirige ao esôfago.
O esôfago situa-se entre os pulmões, atrás do coração, é o canal que une a faringeao estômago, onde o bolo alimentar é empurrado até o estômago, através de contrações musculares.
O estômago é um órgão, em formato de bolsa e dividido em três partes: a cárdia, o corpo (fundo) e o antro. No estômago o alimento é misturado com o suco gástrico que é uma solução rica em ácido clorídrico e enzimas (pepsina e renina).
No intestino delgado a quebra das moléculasalimentares se torna completa e são absorvidas no sistema digestivo para o circulatório e enviadas às células.
As fezes são formadas no intestino grosso, sua mais importante função é reabsorver água, o que determina a consistência do bolo fecal. É dividido em quatro partes: ceco, cólon e o reto e mede cerca de 1,5 cm de comprimento.O ânus controla a saída das fezes.
O pâncreas que faz partedas glândulas anexas possui 15 cm de comprimento, fabrica enzimas digestivas e secreta os hormônios insulina e glucagon. O pâncreas é o responsável pelo controle dos açucares no organismo.
O fígado é também outra glândula anexa. Armazena glicogênio, ferro, cobre e vitaminas e produz carboidratos a partir de lipídeos ou proteínas e sintetiza o colesterol.







ENEMA

Nomegenérico dado para formas líquidas introduzidas no reto com finalidade de promover evacuação; os enemas recebem o nome de Clister, lavagem, enteroclisma e irrigação. Alguns são meramente evacuantes ao passo que outros contêm medicamentos destinados a exercerem ação local ou geral. O enema é chamado de retenção quando deve permanecer no interior do reto ou no intestino grosso por um temorelativamente longo.


2) INDICAÇÃO:
• Preparação do intestino para exames, cirurgias e partos;
• Quando prescrito pelo médico no caso de constipação intestinal severa.

3) CONTRA – INDICAÇÕES:
• Dores abdominais acompanhadas de febre (sintomas de apendicite suspeita de peritonite);
• Perfuração intestinal;
• Oclusão;
• Traumatismo abdominal;
• Hemorragiaintestinal;
• Gravidez;
• Intervenções cirúrgicas recentes no local;
• Patologia cardíaca;
• Patologia renal;

É preferível não realizar um enema quando há fístula anais, rectocolite, hemorrágica e hemorróida.




4) LEVANTAMENTO DE DADOS:

• Verificar a prescrição médica que deve incluir o tipo de solução a instilar, o volume, a temperatura do líquido e a pressão da...
tracking img