Endoema, de william palha dias:

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 41 (10223 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ENDOEMA, DE WILLIAM PALHA DIAS:
UM ROMANCE ENTRE A HISTÓRIA E A FICÇÃO






Zuleide Maria Cruz Freitas




















Teresina – PI
2008











ENDOEMA, DE WILLIAM PALHA DIAS:
UM ROMANCE ENTRE A HISTÓRIA E A FICÇÃOZuleide Maria Cruz Freitas











Premiado em 1º lugar no Concurso Literário William Palha Dias – 90 Anos, promovido pela Academia Piauiense de Letras, na administração de Manfredi Mendes Cerqueira.








TERESINA – PI
2008












Oromance Endoema é o segundo livro de William Palha Dias . Foi publicado pela primeira vez em 1965, tendo sido premiado em concurso literário patrocinado pela Prefeitura Municipal de Teresina, na gestão de Hugo Bastos (1963/1967), sob os auspícios da Academia Piauiense de Letras. Recebeu outra edição em 1988 , da qual são extraídos os trechos que ilustram este ensaio, que visa a uma breve análise dealguns dos elementos estruturadores da narrativa da referida obra.
Do ponto de vista da moderna teoria da narrativa, Endoema pode receber a classificação de romance histórico, considerando-se que, segundo a ampla acepção proposta por Halssall (1988), “um romance histórico é um gênero narrativo que afirma a coexistência, num mesmo universo diegético, de eventos e de personagenshistóricas e de eventos e de personagens inventadas” . São, pois, desses elementos que se constitui a trama de Endoema: um entrelaçamento de fatos e de personagens visivelmente pinçados da História da Colonização do Piauí, somados a outros que são frutos mesmos da criatividade de seu autor.
O resultado disso é a riqueza plástica de um enredo pontuado ora por passagens que descrevem orecrudescimento das lutas sanguinolentas travadas entre a milícia e tribos indígenas, tal como se davam no Piauí do século XVIII,


A luta cerrou de pronto, sem trégua. Enquanto as carabinas disparavam derrubando índios, outros rebatiam em revide com suas flechadas certeiras a soldadesca que, muitas vezes, não descobria nem de viso o agressor.


ora pela leveza e naturalidade dos sentimentos daspersonagens, tal como são inventadas, segundo a sensibilidade do romancista,


Tudo muito animado e mais tarde os dançadores, espicaçados pelo álcool, não deram pela falta de Alfredo e Matilde que, àquela altura, sentiam a necessidade de dar vasão aos naturais sentimentos amorosos. Foi longa a demora dos amantes, só depois, quando o calor da bebedeira arrefecia, os convivas começaram a sentir aausência dos namorados.Pode-se dizer que o impedimento da relação amorosa do fidalgo Alfredo Bernardes com a mestiça Matilde, em função da diferença social e econômica, constitui o argumento do enredo de Endoema. Assim, Coronel Rosendo Bernardes, senhor da casa-grande de Endoema, opõe-se ao amor que o filho Alfredo nutre por Matilde, porque entende que sua ascendência fidalga é um justo empecilho para que ele se una a...
tracking img