Endodontista

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3346 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
J Appl Oral Sci 2003; 11(2): 138-43

IMPACTO DA DOR NA VIDA DE PORTADORES DE DISFUNÇÃO TEMPOROMANDIBULAR
PAIN IMPACT ON LIFE OF PATIENTS WITH TEMPOROMANDIBULAR DISORDER
Anamaria Siriani de OLIVEIRA Fisioterapeuta, Doutora em Biologia Buco-Dental - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - FMRP-USP. Camila Colombo BERMUDEZ Rodrigo Alves de SOUZA Carina Maria Freitas SOUZA Fisioterapeutas -Centro Universitário de Araraquara, UNIARA, Araraquara, São Paulo, Brasil. Elton Matias DIAS Mestrando em Fisioterapia - Centro Universitário do Triângulo, UNIT, Uberlândia, Minas Gerais, Brasil. Carlos Eduardo dos Santos CASTRO Mestre em Fisioterapia - Universidade Federal de São Carlos, UFSCar, São Carlos, São Paulo, Brasil. Fausto BÉRZIN Cirurgião Dentista, Professor Titular de Anatomia -Faculdade de Odontologia de Piracicaba, FOP-UNICAMP, Piracicaba, São Paulo, Brasil. Instituição onde foi realizado o trabalho: Centro Universitário de Araraquara, UNIARA, Araraquara, São Paulo, Brasil, Rua Carlos Gomes, 1338 – Centro, CEP 14801-340.

F

oi realizado um estudo do impacto da dor na vida de indivíduos portadores de disfunção da articulação temporomandibular (DTM). Foram estudados 22pacientes (20 mulheres e dois homens, com idade média de 28 anos) portadores de DTM que procuraram atendimento fisioterapêutico especializado, submetidos a uma versão brasileira do Questionário McGill de Dor (Br-MPQ), que inclui questões específicas sobre a qualidade de vida, como: 1) prejuízo social; 2) atividades da vida diária; 3) percepção do outro; 4) tolerância à dor; 5) sensação de estardoente; 6) sensação de utilidade; 7) satisfação com a vida. Os resultados mostraram que a dor da DTM prejudicou as atividades do trabalho (59,09%), da escola (59,09%), o sono (68,18%) e o apetite/alimentação (63,64%). Os autores concluíram que a dor da DTM tem um impacto negativo na qualidade de vida do paciente e que o questionário empregado, embora não específico, permitiu avalia-lo adequadamente.UNITERMOS: Dor; Qualidade de vida; Questionário McGill de Dor; Disfunção temporomandibular.

INTRODUÇÃO
Na disfunção temporomandibular (DTM) as condições musculoesqueléticas, quer da região cervical, quer da musculatura da mastigação, são a maior causa de dor não dental na região orofacial12. Por sua origem ser multifatorial, muitos estudos buscam definir os mecanismos predisponentes, causais eperpetuantes desta patologia. Entretanto, a avaliação e descrição da dor relacionada à disfunção da articulação temporomandibular precisam ser melhores esclarecidas.

A dor é definida, segundo a Internacional Association for the Study of Pain (IASP), como uma experiência sensorial e emocional desagradável, associada a um dano tissular real ou potencial ou descrita em termos de tal dano14. Nostermos dessa definição, não apenas os componentes físico e químico envolvidos no evento doloroso são considerados, mas também os aspectos subjetivo e psicológico, que são cruciais na compreensão da queixa dolorosa, especialmente, em pacientes com dor crônica. A inclusão de aspectos afetivo-emocionais

138

IMPACTO DA DOR NA VIDA DE PORTADORES DE DISFUNÇÃO TEMPOROMANDIBULAR

subjetivos, nadefinição de dor adotada nesta pesquisa, exigiu a aplicação de uma ferramenta de avaliação multidimensional: o questionário de dor McGill (MPQ). Na versão brasileira deste questionário (Br-MPQ), proposta por Castro3, o impacto da dor na vida do paciente é avaliado por questões relacionadas ao prejuízo social, desenvolvimento das atividades da vida diária e percepção do paciente sobre a reação deterceiros a sua condição dolorosa. Reisine et al.15 estudaram a utilidade da aplicação de indicadores padronizados, incluindo o questionário McGill, para medir o impacto da dor orofacial na qualidade de vida de 152 pacientes. Entre as condições estudadas, 48 pacientes apresentavam DTM, 33 doenças periodontais, 23 próteses e 48 pacientes em situação de retorno clínico por diversas condições. Os três...
tracking img